FDA autoriza vacinas de Covid para crianças a partir dos 6 meses

Agência diz os benefícios das vacinas para Covid da Moderna e da Pfizer superam os riscos potenciais em populações pediátricas

Madeline Halpert
Compartilhe esta publicação:
REUTERS/Lucy Nicholson
REUTERS/Lucy Nicholson

FDA autorizou o uso emergencial da vacina para Covid de duas doses da Moderna para crianças de 6 meses a 17 anos e da vacina de três doses da Pfizer para crianças de 6 meses a 4 anos de idade

Acessibilidade


A FDA (Food and Drug Administration) autorizou hoje (17) o uso das vacinas para Covid-19 da Moderna e da Pfizer-BioNTech em crianças a partir de 6 meses, eliminando um dos últimos obstáculos nos EUA para a população mais jovem a ser vacinada em mais de dois anos de pandemia.

A FDA autorizou o uso emergencial da vacina de duas doses da Moderna para crianças de 6 meses a 17 anos e da vacina de três doses da Pfizer para crianças de 6 meses a 4 anos de idade. A vacina da Pfizer já estava disponível para crianças e adolescentes de 6 a 17 anos, enquanto a da Moderna não.

Leia mais: Cães detectam melhor a Covid que testes de antígeno, indica estudo

Em seu anúncio, a FDA disse que determinou que os benefícios das vacinas para Covid da Moderna e da Pfizer superam os riscos potenciais em populações pediátricas.

A medida ajudará a proteger as crianças mais novas dos “efeitos mais graves” da Covid, como hospitalização e morte, disse o comissário da FDA, Robert Califf, em comunicado, acrescentando que “aqueles que cuidam de crianças” podem “ter confiança na segurança e eficácia” da vacina.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças) ainda precisará aprovar a injeção antes que as crianças pequenas possam começar a ser vacinadas.

As doses podem ser disponibilizadas já no início da próxima semana. O CDC está marcado para se reunir hoje e votar amanhã. A diretora do CDC, Rochelle Walensky, dará a aprovação final.

A autorização vem dois dias depois que um painel consultivo da FDA votou por unanimidade para recomendar as vacinas da Moderna e da Pfizer para crianças pequenas após uma reunião de um dia inteiro. O painel também votou esta semana para endossar a vacina da Moderna para crianças e adolescentes de seis a 17 anos. A vacina da Pfizer está disponível para essa faixa etária desde o ano passado.

Embora as crianças sejam menos propensas a adoecer gravemente com a Covid em comparação com os adultos, os dados mostram que a variante Ômicron deixou algumas crianças mais vulneráveis ​​a doenças graves, incluindo hospitalização.

Pesquisas sugerem que nem todos os pais estão ansiosos para vacinar seus filhos pequenos: apenas cerca de um quinto dos entrevistados pela Kaiser Family Foundation em maio disseram que vacinariam seus filhos assim que a vacina estivesse disponível, enquanto 38% disseram que iriam “esperar para ver” como a vacina age em outras crianças pequenas primeiro.

A FDA concluiu uma análise “rigorosa e completa” dos dados sobre vacinas para populações pediátricas antes de autorizar seu uso emergencial, disse Peter Marks, diretor do Centro de Avaliação e Pesquisa Biológica da FDA, em comunicado.

A vacina de três doses da Pfizer foi considerada em ensaios clínicos 80% eficaz na prevenção de infecções sintomáticas por Covid em crianças pequenas, enquanto o regime de duas doses da Moderna foi considerado de 40 a 50% eficaz na prevenção de infecções mais leves.

>> Inscreva-se ou indique alguém para a seleção Under 30 de 2022

Compartilhe esta publicação: