Huawei abrirá nova fábrica no Brasil, diz governador de SP

REUTERS/Dado Ruvic/Illustration
Planta deve custar US$ 800 mi e mira impulso de rede 5G

A Huawei planeja construir uma fábrica de US$ 800 milhões no estado de São Paulo ao longo dos próximos três anos, disse o governador, João Doria, à medida que a gigante de telecomunicações chinesa continua a expandir sua presença na América Latina para o descontentamento das autoridades norte-americanas.

LEIA MAIS: Huawei lança smartphone 5G na China 

Em uma gravação de áudio de uma coletiva de imprensa na China, Doria, acompanhado de executivos da Huawei, disse que a empresa está se preparando para construir a fábrica para participar do primeiro leilão do espectro 5G no Brasil, programado para março de 2020.

A Huawei já possui uma fábrica em São Paulo, que emprega 2 mil pessoas diretamente, disse Doria. A Huawei decidirá a localização da próxima fábrica nos próximos meses, com o investimento de US$ 800 milhões previsto para um período de três anos.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pediu aos governos de todo o mundo que evitem a Huawei, argumentando que seu equipamento pode ser vulnerável à espionagem clandestina chinesa. Até agora, poucos ouviram os alertas.

Trump levantou a questão sobre a Huawei durante uma visita do presidente brasileiro Jair Bolsonaro à Casa Branca em março. Mas o vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, disse em junho que o Brasil não tem planos de proibir a Huawei de participar de sua rede 5G, dizendo que o governo confia na empresa e que o país precisa de tecnologia.

Esta semana, a empresa chinesa abriu mais três novos pontos físicos de venda direta no Brasil. Além dos dois pontos em São Paulo (MorumbiShopping e Shopping Eldorado), a Huawei inaugura quiosques em Campinas, no Parque Dom Pedro Shopping, Rio de Janeiro, no BarraShopping, e em Brasília, no ParkShopping.

.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).