Economia britânica parece a caminho de uma recessão

iStock
Confiança empresarial diminui na esteira da crise do Brexit

A economia britânica está em sério risco de entrar em sua primeira recessão desde a crise financeira, à medida que a confiança empresarial diminui na esteira da crise do Brexit, mostrou uma pesquisa hoje (4). O crescimento no dominante setor de serviços do Reino Unido desacelerou em agosto, e as expectativas empresariais caíram aos níveis mais baixos em mais de três anos, de acordo com o índice de gerentes de compras (PMI) para o setor de serviços IHS Markit/CIPS.

LEIA MAIS: Reino Unido já perdeu 70 bilhões de libras com Brexit

O índice caiu para 50,6, de 51,4 em julho –pouco acima da barreira dos 50, que separa crescimento e contração. Uma pesquisa da Reuters com economistas apontou uma leitura de 51.

A pesquisa provavelmente aumentará as dúvidas sobre a capacidade do Reino Unido de se recuperar de uma contração econômica no segundo trimestre, quando uma ressaca do salto dos estoques antes do prazo original do Brexit, em março, golpeou a produção.

O IHS Markit informou ainda que a economia em geral parece a caminho de recuar novamente no período de julho a setembro, a uma taxa trimestral de 0,1% — resultado que anunciaria oficialmente uma recessão.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).