Trump diz que EUA e China concluíram primeira parte do acordo comercial

ReutersYuri-Gripas
O acordo preliminar e parcial foi o maior passo para resolver a guerra tarifária de 15 meses

Os Estados Unidos e a China acertaram hoje (11) a primeira fase de um acordo comercial que inclui compras agrícolas, moeda e alguns aspectos de proteção à propriedade intelectual e evita um aumento de tarifas, mas o presidente norte-americano, Donald Trump, alertou que mais negociações são necessárias.

O acordo preliminar e parcial foi o maior passo para resolver uma guerra tarifária de 15 meses entre as duas maiores economias do mundo, que atingiu os mercados financeiros, afetou a produção e desacelerou o crescimento global.

LEIA MAIS: Vir Biotechnology capta US$ 143 mi em IPO nos EUA

Trump disse a jornalistas na Casa Branca que os dois lados estão muito perto de colocar um fim à guerra comercial. O presidente dos EUA disse ainda que levará cinco semanas para que o acordo seja redigido. As declarações foram feitas após conversas com o vice-primeiro-ministro chinês, Liu He.

O secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, disse a repórteres que Trump concordou em não levar adiante o aumento nas tarifas de 25% para 30%, sobre cerca de US$ 250 bilhões em produtos chineses que deveriam entrar em vigor na terça-feira.

Entretanto, o representante do Comércio dos EUA, Robert Lighthizer, disse que Trump não tomou uma decisão sobre tarifas que poderiam entrar em vigor em dezembro.

Os principais índices de ações dos EUA, que estavam negociando em fortes altas com a esperança de algum tipo de acordo, reduziram alguns dos ganhos após o anúncio. O índice S&P 500 subiu cerca de 1,4%.

 

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).