Usiminas tem lucro menor, mas acima do esperado no 4º trimestre

A Usiminas teve lucro líquido de R$ 268 milhões para o período de outubro a dezembro do ano passado

A produtora de aço plano Usiminas divulgou hoje (14) lucro líquido acima do esperado, apoiada em recorde nas vendas de minério de ferro, enquanto o resultado de siderurgia veio fraco.

A companhia teve lucro líquido de R$ 268 milhões para o período de outubro a dezembro do ano passado, revertendo resultado negativo de R$ 139 milhões sofrido no terceiro trimestre, mas o número é 33% menor que o desempenho apresentado um ano antes.

LEIA MAIS: Usiminas tem prejuízo de R$ 139 mi no 3º tri

Analistas, em média, estimavam lucro líquido de cerca de R$ 52 milhões para a Usiminas no quarto trimestre, segundo dados da Refinitiv.

A companhia informou que estima para 2020 investimento de R$ 1 bilhão, alta de cerca de 45% sobre o aplicado em 2019 e mais que o dobro em relação aos R$ 463 milhões de 2018, em meio aos preparativos da empresa para reforma geral de alto forno em Ipatinga (MG) e sinais de retomada da economia.

O desempenho operacional medido pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) no quarto trimestre subiu 22% sem ajustes, para R$ 447 milhões. A expectativa de analistas era de R$ 387 milhões.

Com ajustes, a linha marcou uma queda de 44% sobre o quarto trimestre do ano passado, para R$ 468 milhões.

A Usiminas teve queda de 2% nas vendas de aço nos três últimos meses do ano passado nas comparações trimestral e anual e a margem Ebitda ajustada da operação caiu de 25,1% reportados no quarto trimestre de 2018 para 6% nos três últimos meses do ano passado.

Mas as vendas de minério de ferro saltaram 65% sobre o quarto trimestre de 2018 e subiram 2% ante terceiro trimestre do ano passado, para 2,5 milhões de toneladas. A margem ajustada no segmento foi de 36,4% ante 12% na comparação anual.

VEJA TAMBÉM: Usiminas tem lucro líquido de R$ 171 mi no 2º tri

O custo dos produtos vendidos, porém, subiu 17% sobre o quarto trimestre de 2018, para R$ 3,58 bilhões, avançando 6% sobre o terceiro trimestre do ano passado.

A companhia reportou resultado financeiro positivo de R$ 154,4 milhões no quarto trimestre, abaixo dos R$ 637,8 milhões de um ano antes.

O indicador dívida líquida sobre Ebitda encerrou o ano em 1,6 vez, estável em relação a 2018 e abaixo do nível de 1,7 vez do terceiro trimestre.

A estimativa da companhia para as despesas financeiras líquidas neste ano é de R$ 272 milhões, após R$ 946,7 milhões em 2019.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).