Vale decide desembolsar US$ 5 bi de linhas de crédito rotativo por coronavírus

Pilar Olivares/Reuters
A Vale vai realizar o desembolso de US$ 5 bilhões de suas linhas de crédito rotativo

A mineradora Vale informou que decidiu realizar o desembolso de US$ 5 bilhões de suas linhas de crédito rotativo por causa da pandemia de coronavírus, segundo fato relevante divulgado hoje (24).

A companhia afirmou que o desembolso será de US$ 2 bilhões em linhas com vencimento em junho de 2022 e de US$ 3 bilhões de crédito com vencimento em dezembro de 2024.

LEIA MAIS: Tudo sobre o coronavírus

“Na tomada de decisão, a companhia considerou o maior risco apresentado ao negócio pela pandemia de Covid-19, e concluiu ser prudente utilizar a solidez de seu balanço para navegar os próximos poucos meses com maiores reservas de caixa”, afirmou a empresa no comunicado.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).