Atletas nas redes sociais: quão valiosos são Tom Brady e LeBron James

Craig F. Walker/Getty Images
Tom Brady (acima) é o segundo jogador de futebol americano com mais interações nas redes, perdendo somente para Odell Beckham Jr.

Resumo:

  • Na lista de atletas mais valiosos nas redes sociais em 2019, os jogadores de futebol lideram os rankings, ocupando os quatro primeiros lugares;
  • Neymar é o primeiro brasileiro da lista. Ele é o terceiro colocado tanto da lista geral quanto da lista específica dos jogadores de futebol;
  • Confira abaixo as listas dos oito esportes listados:

O esportista com mais engajamento nas redes sociais atualmente é o jogador de futebol Cristiano Ronaldo, de acordo com a nova lista da Forbes. A revista mediu, em parceria com a empresa Hookit, uma plataforma de análise de redes sociais, o número de interações dos atletas mais populares de diversos esportes.

O futebol é o esporte mas com mais engajamento online tanto na lista específica do esporte como na lista geral de atletas. O brasileiro Neymar ficou em terceiro lugar, perdendo apenas para Ronaldo e Messi. No geral, a Forbes avaliou esportistas do futebol, tênis, hóquei, beisebol, basquete, golfe, futebol americano e streamers, os jogadores de e-sports como o videogame Fortnite.

LEIA MAIS: Neymar é o terceiro jogador mais valioso nas redes sociais

No basquete, quem lidera é o jogador LeBron James. Suas 116,3 milhões de interações somam mais que o dobro de interações segundo colocado Stephen Curry, que tem somente 51 milhões.

Já no futebol americano, a disputa segue um pouco mais acirrada. Em primeiro lugar, está o atual jogador do time Cleveland Browns, Odell Beckham Jr., com 66,4 milhões de interações. Ele é seguido por Tom Brady, o quarterback dos New England Patriots, que tem 46,1 milhões de interações.

Conor McGregor é o único atleta que não é jogador de futebol na lista dos Top 7 atletas no geral, o lutador de MMA está em quinto lugar

As redes sociais como um negócio lucrativo

Além de seus patrocinadores, os atletas usam suas redes sociais cada vez mais para promover seus próprios negócios. A tenista Serena Williams, por exemplo, publica vídeos no Instagram comendo refeições da Daily Harvest, serviço delivery de comidas saudáveis que faz parte dos investimentos de risco de Serena, antes de ir ao Met Gala. LeBron James promove a Blaze Pizza aos seus 116 milhões de seguidores. Ele é investidor da rede de pizzarias e é dono de 21 franquias.

LeBron é claramente o líder das redes sociais entre seus colegas da NBA, mas ele tem nova competição em casa. Seu filho Bronny, de 14 anos, já é um jogador de basquete de altamente ranqueado e criou sua conta do Instagram no final de maio. Ele conseguiu 2,9 milhões de seguidores em dois meses.
Para medir o engajamento de cada um, a Hookit usou os números de curtidas, comentários e compartilhamentos dos posts dos atletas nas redes sociais Twitter, Facebook e Instagram durante os seis primeiros meses de 2019.

Aqui estão as listas por esporte dos jogadores com mais engajamento nas redes sociais:

  • Os 26 milhões de seguidores que Cristiano Ronaldo ganhou na primeira metade do ano já resultam em cinco vezes o número total de seguidores de Mike Trout.

  • LeBron James tem quase 70 milhões de seguidores a mais que o segundo lugar Stephen Curry. Já em comparação ao grego Giannis Antetokounmpo, ele tem mas que o quádruplo de interações.

  • O Instagram do piloto de Fórmula 1 Lewis Hamilton mostra bem seu estilo de vida, incluindo poses no Met Gala com a tenista Serena Williams e o ator e cantor Jared Leto. O campeão do automobilismo tem mas que o dobro de seguidores de qualquer outro piloto.

  • Bryce Harper e Aaron Judge são duas das maiores estrelas do esporte, mas juntos têm apenas 80 posts no Instagram, o que é apenas uma fração dos 881 posts do lançador Marcus Stroman. Mike Trout é o jogador de baseball com mais seguidores, mas seu número de interações não entrou no Top 5.

  • A volta de Tiger Woods aos campos de golfe, incluindo seu 15º grande título, o ajudaram a liderar a lista de engajamento. Michelle Wie foi a líder entre as jogadoras de golfe, com 1,6 milhão de interações e assumindo o sétimo lugar na lista de seu esporte.

  • Quase todos os streamers da lista jogam principalmente Fortnite. Seus níveis de engajamento não são muito altos, mas os números de interações sobem graças a seus altos números de posts e seguidores.

    Apenas Cristiano Ronaldo ganhou mais seguidores nas redes sociais no primeiro semestre do que o streamer PewDiePie. Já Ninja tem 108 posts promovendo seu patrocinador Red Bull, o que levou a 235 milhões de interações e US$ 4,4 milhões para a marca de energéticos, de acordo com a Hookit.

  • Os quatro tenistas dominantes das últimas décadas lideram a lista, com Serena Williams liderando a lista de engajamento nas redes sociais, à frente se deus três colegas homens. Em último lugar está Naomi Osaka, que ganhou sua segunda grande competição em fevereiro, o Australian Open.

  • Alex Ovechkin tem o dobro de seguidores de P.K. Subban, mas tem três vezes mais interações graças a seus mas de 200 posts. Ovechkin tem apenas 13.

    Hilary Knight, jogadora da seleção nacional feminina de hóquei dos Estados Unidos, teve mais interações do que muitos dos jogadores (702.000 interações), impulsionando seus patrocinadores Red Bull, Visa e Bauer Hockey, uma loja de equipamentos de hóquei. “Hillary interage muito com seus fãs, mostrando para eles tudo o que acontece com sua carreira durante os anos,” disse seu agente Dan Levy.

  • Odell Beckham Jr., novo jogador do time Cleveland Browns , tem o maior número de seguidores e interações entre seus colegas da NFL (“National Football League”, ou Liga Nacional de Futebol Americano), mas Tom Brady, que acabou de fazer 42 anos, ganhou o maior número de seguidores na primeira metade do ano: 1,9 milhão.

Os 26 milhões de seguidores que Cristiano Ronaldo ganhou na primeira metade do ano já resultam em cinco vezes o número total de seguidores de Mike Trout.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).