Os 20 artistas de hip-hop mais bem pagos de 2019

Reprodução/Forbes
Rei Magnata do Hip-Hop: Kanye West é o artista mais bem pago pela primeira vez em sua carreira

Resumo:

 

  • A lista dos 20 artistas de hip-hop mais bem pagos de 2019 é liderada pela primeira vez por Kayne West, que com uma renda de US$ 150 milhões superou o rapper Jay Z, que ficou em 2º lugar;
  • O top 10 da lista ainda tem personalidades como Drake (3º), Travis Scott (5º) e DJ Khaled (7º);
  • Nicki Minaj (12ª posição, com US$ 29 milhões) e Cardi B (13ª posição, com  US$ 28 milhões) são as únicas integrantes femininas do ranking.

Em 2007, Kanye West lançou uma música chamada “Big Brother” -em homenagem a Jay-Z. De fato, sua primeira grande oportunidade foi trabalhar como produtor na Roc-A-Fella Records duas décadas atrás. Jay-Z chegou a cunhar o apelido de West, Yeezy, que agora adorna sua linha de calçados homônima com a Adidas.

VEJA MAIS: Os 10 atores mais bem pagos de 2019

“Havia um raio de luz na ideia de eu fazer calçados esportivos”, explicou West em uma entrevista para a capa de agosto da Forbes. “Uma mudança de paradigma. A intenção era que o Yeezy fosse desejado tanto quanto um Jordan”.

Espera-se que o Yeezy atinja US$ 1,5 bilhão em vendas este ano -ou cerca da metade dos valores do Nike Air Jordan. A marca aumentou a renda pré-impostos de West para US$ 150 milhões no ano passado e fez dele o “magnata do hip-hop” pela primeira vez. Outra primeira vez: West superou Jay-Z, que ficou em segundo lugar na lista deste ano com US$ 81 milhões, impulsionado pelo final de sua turnê “On The Run II” com a esposa, Beyoncé; e Drake, o artista mais ouvido de todos os estilos musicais em streaming, completa os três primeiros, com US$ 75 milhões.

No total, os 20 principais artistas do hip-hop acumularam US$ 860 milhões, um aumento de 33% em relação aos US$ 648 milhões do ano passado. O piso para entrar na lista é de US$ 18 milhões, o maior valor já definido. Os números apresentados representam a receita antes dos impostos, de junho de 2018 a junho de 2019, e antes da dedução de honorários para agentes, gerentes e advogados. Além disso, a lista é baseadas em dados da Nielsen Music, Pollstar, Bandsintown e entrevistas com especialistas, empresários e algumas das próprias estrelas.

West não é o único nome familiar a ter um ano de carreira execpcional, mesmo em sua própria família. Travis Scott, um tio dos filhos de West, montou turnê “Astroworld – Wish You Were Here”, que gerou US$ 58 milhões, o que o colocou em quinto lugar, duas posições à frente do DJ Khaled, que alcançou seu melhor faturamento (US$ 40 milhões), depois de superar o medo de voar logo após o nascimento do filho e expandiu seus negócios de turnê ao adicionar parcerias com a Air Jordan e Luc Belaire.

“Khaled é o cara que você quer no seu time”, diz o DJ e entusiasta da terceira pessoa. “Khaled é o cara que vai fazer o gol, porque sua ética de trabalho é incrível. Seu coração está no lugar certo e sua mentalidade é focada. Ele está à frente do seu tempo”.

Música ao vivo, no entanto, não é o único caminho para o lucro. Diddy (4º, com US $ 70 milhões) arrecadou a maior parte de seu dinheiro com sua lucrativa parceria com a vodca Ciroc, da Diageo; Birdman (16º, com US$ 20 milhões) deve o dinheiro à sua gravadora, Cash Money Records; e Nas (18º, com US$ 19 milhões) está na lista pelo segundo ano consecutivo, em grande parte por conta de lucros multimilionários de investimentos em startups como PillPack e Lyft.

Existem dois recém-chegados no ranking deste ano. O mais bem pago entre eles é Donald Glover (10º, com US$ 35 milhões), que encheu os cofres com seu trabalho na série “Atlanta” e a turnê “This Is America” (como Childish Gambino). Cardi B (13º, com US$ 28 milhões) segue logo atrás. Aos 26 anos, ela é a artista mais jovem no ranking deste ano e se junta a Nicki Minaj (12º, com US$ 29 milhões) como uma das duas únicas mulheres na lista, a exemplo mais recente de uma disparidade salarial que atormenta o hip-hop há muito tempo.

Embora Nicki Minaj tenha anunciado recentemente planos de se aposentar, há muitas outras mulheres jovens que logo devem ocupar vagas na lista. Entre os nomes para prestar atenção estão Meghan Thee Stallion, Tierra Whack e Rico Nasty, todas criando bases de fãs duradouras. Como Rico disse à Forbes no início deste ano: “Esta é a minha oportunidade de fazer essas pessoas serem minhas amigas para a vida toda”.

Veja, na galeria de imagens a seguir, a lista completa dos 20 artistas de hip-hop mais bem pagos de 2019:

  • 1. Kanye West

    (US$ 150 milhões)

  • 2. Jay-Z

    (US$ 81 milhões)

  • 3. Drake

    (US$ 75 milhões)

  • 4. Diddy

    (US$ 70 milhões)

  • 5. Travis Scot

    (US$ 58 milhões)

  • 6. Eminem

    (US$ 50 milhões)

  • 7. DJ Khaled

    (US$ 40 milhões)

  • 8. Kendrick Lamar

    (US$ 38,5 milhões)

  • 9. Migos

    (US$ 36 milhões)

  • 10. Childish Gambino

    (US$ 35 milhões)

  • 11. J. Cole

    (US$ 31 milhões)

  • 12. Nicki Minaj

    (US$ 29 milhões)

  • 13. Cardi B

    (US$ 28 milhões)

  • 14. Swizz Beatz

    (US$ 23 milhões)

  • 15. Meek Mil

    (US$ 21 milhões)

  • 16. Birdman

    (US$ 20 milhões)

  • 17. Future

    (US$ 19,5 milhões)

  • 18. Nas

    (US$ 19 milhões)

  • 19. Wiz Khalifa

    (US$ 18,5 milhões)

  • 20. Pitbull

    (US$ 18 milhões)

1. Kanye West

(US$ 150 milhões)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).