C-Suite: Fábio Sant’Anna é novo diretor de gente, diversidade e inclusão da Arcos Dorados

Divulgação
Divulgação

Fábio Sant’Anna [foto] é novo diretor de gente, diversidade e inclusão da Arcos Dorados

De olho na troca de cadeiras corporativas da última quinzena, a C-Suite destaca, nesta edição, o setor de alimentos. A Subway, rede mundial de alimentação rápida, anunciou William Giudici como novo presidente para o Brasil e América do Sul. Já o Atacadão, rede de atacados do Grupo Carrefour, comunicou que Marco Oliveira é o novo CEO da companhia. Anteriormente, o executivo dividia a posição com Roberto Müssnich. 

No mercado de tecnologia, a fornecedora de soluções inteligentes Lenovo fez duas importantes mudanças: promoveu o engenheiro Leandro Lofrano, que agora responde como diretor de produtos, e contratou Sérgio Severo como novo presidente para a América Latina, posição deixada por José Luis Fernández, novo vice-presidente global de canais. Enquanto isso, Rodrigo Dienstmann assume a presidência da desenvolvedora de softwares Ericsson para Brasil, Argentina, Chile, Peru e Uruguai.

LEIA MAIS: C-Suite: Ricardo Wagner é o novo diretor de trabalho moderno e segurança da Microsoft Brasil

Já no segmento educacional, a rede Cruzeiro do Sul apresentou Fábio Fossen como novo diretor-presidente. O executivo vai substituir os então copresidentes Fábio Ferreira Figueiredo e Renato Padovese, que agora se dedicarão exclusivamente ao conselho de administração da empresa. 

Nesta edição, a C-Suite conversou com Fábio Sant’Anna, novo diretor de gente, diversidade e inclusão da Arcos Dorados, gigante do segmento de alimentação rápida e responsável pela operação do McDonald’s na América Latina e Caribe. Formado em química pela UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), o executivo se especializou em estratégia de recursos humanos pela Universidade de Michigan, nos Estados Unidos. Ao longo da sua trajetória profissional, Sant’Anna atuou em empresas como a AB InBev, Vale, Votorantim Cimentos, Dotz e a Alliar. 

Leia, a seguir, os planos do executivo na nova posição:

Forbes: Quais são os objetivos estratégicos da Arcos Dorados ao reestruturar a área de recursos humanos para diretoria de gente, diversidade e inclusão?

FS: Com essa reestruturação, a diretoria passa a estar mais alinhada às prioridades estratégicas da Arcos Dorados, que são guiadas pela plataforma de atuação ESG da companhia, que chamamos de Receita do Futuro. Recentemente, a companhia anunciou a diversidade e inclusão como parte dos pilares fundamentais para essa estratégia, que contempla a forma como impactamos a sociedade e o planeta. As mudanças têm como objetivo tornar a rede cada vez mais diversa e inclusiva, reforçando nosso programa Cooltura de Serviço, que busca incentivar os funcionários a se portarem e agirem como realmente são, desde a maneira que se comunicam com os clientes até o uso, por exemplo, de penteados, maquiagem e acessórios com que cada um se identifique e se sinta bem. Desde a implementação dessa forma de servir, a rede tem registrado uma queda de turnover e aumento da satisfação do cliente, o que reforça a relevância desse direcionamento.

F: A pauta da diversidade e inclusão nunca esteve tão em alta no meio corporativo. Na sua opinião, quais os maiores deveres das empresas em relação ao tema?

FS: Acredito que as empresas que querem promover a diversidade e inclusão genuinamente devem se preocupar em promover um ambiente onde as pessoas se sintam seguras para serem elas mesmas e confiantes para atingirem seu completo potencial profissional. Na Arcos Dorados, contamos com um Comitê de Diversidade e Inclusão que tem o propósito de promover a conscientização dos funcionários e o respeito às individualidades por meio de políticas e treinamentos periódicos sobre o tema. Um avanço desse comitê são os grupos de afinidade, Rede de Mulheres e Orgulho Arcos, voltado aos funcionários LGBTQIA+, que contribuem para reforçar os compromissos da companhia e estabelecer prioridades para tornar a empresa cada vez mais inclusiva. Além  disso, é importante que as grandes corporações se unam em movimentos coletivos, que acabam tendo um alto potencial de impacto. Nós assinamos ao lado de outras empresas e multinacionais o compromisso Mover, que tem foco em empregabilidade, conscientização e promoção da diversidade racial, com objetivo de gerar 10 mil novas posições de liderança para pessoas negras nos próximos anos, por meio de ações práticas.  

F: Ainda nesse sentido, quais os maiores déficits no Brasil em relação à inclusão e diversidade? Como superá-los?

FS: Acredito que não basta às grandes empresas oferecerem posições de trabalho para diferentes grupos, mas elas devem proporcionar oportunidades de crescimento profissional para todos e meios para que as pessoas evoluam e busquem esses objetivos. Investimos cerca de R$ 40 milhões anualmente em treinamentos e capacitação aqui na Arcos Dorados, dando essas ferramentas para nossos colaboradores. Um reflexo disso é que nosso quadro de liderança está cada vez mais diverso. Como exemplo, 81% das oportunidades de promoção para cargos de gerência em nossos restaurantes no último ano foram conquistadas por pessoas que se identificam como pretas ou pardas. Também contamos com um trabalho diferenciado voltado para pessoas com deficiência, onde não só oferecemos vagas para este público como também proporcionamos um programa personalizado, no qual o funcionário pode se desenvolver nas estações que ele tem mais habilidades, com acompanhamento de uma equipe especializada, e assim também evoluir internamente.

F:O que você espera dos primeiros seis meses como diretor de gente, diversidade e inclusão da Arcos Dorados no Brasil?

FS: Nosso foco principal é evoluir o programa Cooltura de Serviço, sobre o qual comentei anteriormente, tornando a rede cada vez mais diversa, inclusiva e segura e permitindo aos funcionários que evoluam sendo eles mesmos, criando conexões mais espontâneas com nossos clientes. Além disso, já temos um calendário movimentado para esse semestre, que tem início agora com várias atividades e oportunidades que giram em torno do Dia da Juventude. Hoje, 70% dos nossos colaboradores são jovens de até 24 anos, e somos  um dos maiores geradores de primeiro emprego formal do país, então também temos um olhar muito atento a esse público. Um dos meus objetivos é também dar continuidade ao processo de transformação digital por meio da intensificação de um olhar inovador para a jornada de experiência dos funcionários (hire to retire), oferecendo-lhes uma experiência mais digital, gerando mais oportunidades e respeitando as singularidades individuais.

VEJA TAMBÉM: C-Suite: V Ashok é o novo chief financial officer da ACG

Veja, abaixo, outras movimentações C-Level que ocorreram nos últimos 15 dias:

  • Marco Oliveira assume a posição de CEO do Atacadão

    Após dois anos de coliderança com Roberto Müssnich, Marco Oliveira assumiu como novo CEO do Atacadão, que pertence ao Grupo Carrefour Brasil. O executivo está na empresa há quase 30 anos, tendo ocupado anteriormente as posições de diretor vice-presidente de finanças e diretor vice-presidente operacional geral. Oliveira possui MBA executivo pelo Ibmec.

    Divulgação
  • Cruzeiro do Sul Educacional anuncia novo diretor-presidente

    A rede educacional Cruzeiro do Sul anunciou a chegada de Fábio Fossen como novo diretor-presidente do grupo. O executivo vai substituir os então copresidentes Fábio Ferreira Figueiredo e Renato Padovese, que agora se dedicarão exclusivamente ao conselho de administração da empresa. Engenheiro mecânico formado pela Poli-USP, Fossen passou os últimos sete anos liderando a Bridgestone no Brasil, além de acumular passagens pela Coca-Cola, Booz&Co, Ambev e Sachs.

    Divulgação
  • Rodrigo Dienstmann assume a presidência da Ericsson para o Cone Sul

    O executivo Rodrigo Dienstmann é o novo presidente da Ericsson no Brasil, Argentina, Chile, Peru e Uruguai – países do Cone Sul. Com 28 anos de trajetória profissional, o gestor é graduado em engenharia eletrônica e de telecomunicações pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná, além de possuir MBA em negócios pelo IBMEC Rio de Janeiro. Ao longo dos anos, Dienstmann atuou na Mobicare, Akross, Vivo e Cisco do Brasil, onde foi CEO.

    Divulgação
  • Iguatemi anuncia promoção de CFO

    A empresa de shoppings centers Iguatemi comunicou a promoção de Guido Oliveira, diretor de finanças do grupo, à posição de vice-presidente de finanças. Com 26 anos de carreira na companhia, o executivo também é responsável pelas áreas de relação com investidores, TI, I-Retail e planejamento integrado. Formado em ciências econômicas pela UNESP (Universidade Estadual Paulista), pós-graduado em administração financeira pela FGV/SP, Oliveira possui ainda MBA executivo internacional pela INSPER/SP e especialização em global business na Darden School of Business. O profissional ingressou na Iguatemi em 1995 como trainee e, desde então, passou por diversas funções, entre elas, a gerência de novos negócios e M&A e a gerência financeira.

    Divulgação
  • Lenovo anuncia novos líderes

    Na empresa de tecnologia Lenovo, o engenheiro Leandro Lofrano deixa o cargo de gerente sênior para se tornar diretor de produtos, enquanto Sérgio Severo se junta à companhia como novo presidente para a América Latina, posição deixada por José Luis Fernández, novo vice-presidente global de canais. Com mais de 13 anos de experiência no segmento, Lofrano já atuou em várias áreas da empresa, incluindo supply chain, operações e gestão de contas globais. Já Severo acaba de chegar da Hitachi Vantara, onde foi presidente e general manager responsável pela região sul dos EUA e América Latina.

    Divulgação
  • Vivo tem novo diretor de relações com investidores

    A operadora de telecomunicações Vivo anunciou que João Pedro Soares Carneiro é o novo diretor de relações com investidores. Na empresa há quase oito anos, o executivo atuava anteriormente como gerente sênior da área. Formado em relações internacionais e marketing pela Lancaster University, na Inglaterra, Carneiro também atuou como membro do conselho de startups no Brasil e teve passagens por empresas na Espanha e na Itália, onde permaneceu por uma década.

    Divulgação
  • Subway anuncia William Giudici como presidente da empresa para o Brasil e América do Sul

    A Subway, rede mundial de alimentação rápida, anunciou William Giudici como seu novo presidente para o Brasil e América do Sul, incluindo Uruguai, Argentina, Peru, Bolívia, Equador, Chile e Paraguai. Formado em administração e educação física pela UMC (Universidade de Mogi das Cruzes), o executivo possui 31 anos de experiência em grandes redes globais de hambúrguer – 15 deles no McDonald’s e 16 no rival Burger King.

    Divulgação
  • Shopper anuncia Ramatis Rodrigues como novo diretor vice-presidente comercial

    A Shopper, empresa de supermercado 100% online, anunciou a contratação de Ramatis Rodrigues como novo diretor vice-presidente comercial. O executivo, que já foi CEO da Via Varejo e vice-presidente no grupo Pão de Açúcar, também entra como sócio da companhia. Graduado em engenharia eletrônica pela FAAP, Rodrigues possui MBA executivo pela USP e 30 anos de experiência no setor, incluindo passagens pelo Carrefour, C&A e Sonae Distribuição Brasil.

    Divulgação
  • Rappi apresenta nova country manager e diretora de marketing

    O superapp Rappi registrou duas importantes mudanças em seu time de liderança. Sandra Montes está se juntando à empresa para assumir a posição de chief marketing officer, enquanto a sérvia Tijana Jankovic deixa a posição de general manager em São Paulo para se tornar a country manager da companhia no Brasil. A primeira mulher a assumir a liderança da startup, Tijana está radicada no país há oito anos. Formada em economia internacional pela Università Bocconi, em Milão, na Itália, a executiva é mestre em matemática aplicada pela britânica The London School of Economics and Political Science e já trabalhou em empresas como Google e Uber. Já Sandra é bacharel em economia e possui MBA em marketing pela ESPM, assim como especialização na Harvard Business School e no MIT. A profissional já atuou em companhias como OLX Brasil e Electrolux.

    Divulgação
  • Qualicorp reforça áreas estratégicas com a chegada de novos executivos

    A Qualicorp, administradora de planos de saúde coletivos, anunciou a chegada de dois novos executivos ao time de líderes. Maximiliano Spanholi [foto] assume como superintendente de integrações pós-aquisição, enquanto Renato Cardoso Aguiar ingressa como superintendente de segurança da informação e privacidade. Com mais de 20 anos de experiência em empresas nacionais e multinacionais, Spanholi acumula passagens pela Pátria Investimentos, Grupo Fleury, Yamana Gold, Dasa, Itaú-Unibanco e Ericsson. Graduado em tecnologia de construção civil, o executivo possui pós-graduação em qualidade e produtividade empresarial, logística e gestão de processos pelo IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) . Aguiar, por sua vez, atua há 30 anos nas áreas de segurança da informação e governança corporativa, com experiência em empresas governamentais e também no mercado de seguros, saúde e educação, como Rede D’Or São Luiz e Icatu Seguros. O executivo é formado em administração e tem MBA em telecomunicações pelo Centro Universitário UniCarioca.

    Divulgação
  • nuvini anuncia novo chief financial officer

    A nuvini, grupo de empresas de SaaS (software as a service), apresentou Aury Ronan Francisco como seu novo chief financial officer. O executivo chega com passagens pela Movile, Amaggi, Dafiti e PlayKids. Formado em ciências contábeis pela Universidade Estadual de Londrina, Francisco conta com dois MBAs, um em gestão financeira pela Getulio Vargas e outro em gestão de negócios globais e sustentáveis pela Fundação Dom Cabral, além de formação em empreendedorismo pela Stanford University.

    Divulgação
  • Ypê reforça áreas estratégicas com novos executivos

    A Ypê, empresa do segmento de higiene e limpeza, anunciou dois novos executivos: Gilson Mazetto, vice-presidente comercial & marketing, e Alex Bezerra de Souza [foto], diretor executivo de finanças e negócios. Com mais de 20 anos de experiência em empresas multinacionais do setor, Mazetto já atuou como diretor geral da SC Johnson nos Estados Unidos, Oriente Médio e África. Graduado em administração pela USP (Universidade de São Paulo), possui especialização em gestão e marketing pela Kellog School of Management. Já Alex Bezerra leva à empresa uma bagagem conquistada em companhias como General Mills, Dori Alimentos e Marilan Alimentos. Também graduado em administração, o executivo tem MBA em controladoria e finanças pela USP.

    Divulgação
  • Silvio Campos assume direção comercial da Librelato

    O executivo Silvio Campos é o novo diretor comercial da Librelato, fabricante nacional de implementos rodoviários. Além da operação brasileira, o profissional assumirá alguns mercados estratégicos da América Latina e a exportação para a África Oriental. Formado em engenharia mecânica pela Universidade Federal de Santa Catarina e mestre em economia industrial e gestão internacional em Nancy, na França, Campos conta com uma trajetória de quase 15 anos nos setores automotivo e de máquinas agrícolas.

  • Recovery contrata Marcos Silva como head de analytics e dados

    A Recovery, plataforma de cobrança de dívidas do Grupo Itaú, anunciou a contratação de Marcos Silva como head de analytics e dados. Com mais de 10 anos de experiência no setor de inovação, o profissional tem passagens por companhias como a Stone, iFood, Magazine Luiza e o Acordo Certo. Silva é graduado em economia pela USP e, atualmente, também é pesquisador no CEIA (Centro de Excelência em Inteligência Artificial).

    Divulgação
  • QuintoAndar reforça time de liderança com novo vice-presidente e diretor de engenharia

    O QuintoAndar anunciou uma nova dupla para sua liderança. Paulo Golgher é o novo vice-presidente da proptech, enquanto Rafael Castro assume como diretor de engenharia de software. Ambos os executivos tiveram passagens de mais de dez anos no time do Google no Vale do Silício (EUA). Golgher também comandou o próprio negócio no setor da tecnologia, a Akwan, empresa de soluções de informação. Já Castro liderou o time de Google MyBusiness. Ambos serão responsáveis por comandar o time de engenharia e desenvolver produtos cada vez mais escaláveis para acompanhar o crescimento da companhia.

    Reprodução/Forbes

Marco Oliveira assume a posição de CEO do Atacadão

Após dois anos de coliderança com Roberto Müssnich, Marco Oliveira assumiu como novo CEO do Atacadão, que pertence ao Grupo Carrefour Brasil. O executivo está na empresa há quase 30 anos, tendo ocupado anteriormente as posições de diretor vice-presidente de finanças e diretor vice-presidente operacional geral. Oliveira possui MBA executivo pelo Ibmec.

 


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).