Zigueira se aposenta do competitivo “Rainbow Six Siege”

Divulgação
Jogador profissional vai se dedicar ao streaming e à família

Resumo:

  • A vitória da Team Liquid contra INTZ foi a última partida profissional do jogador;
  • ziGueira encerra sua carreira com os títulos da ESL Pro League LATAM Season 1 Ano 2, em 2017, e ESL Pro League Season 7, em 2018.

Ontem (5), o jogador profissional Leo “ziGueira” Duarte anunciou sua aposentadoria do “Rainbow Six Siege”. O comunicado veio após uma vitória do seu time, a Team Liquid, contra a INTZ, válida pelo Brasileirão de Rainbow Six, que deu à equipe a liderança da competição.

LEIA MAIS: Immortals capta US$ 30 bi e compra plataforma brasileira

Natural da cidade de Petrópolis, ziGueira disse em vídeo que “quer focar na família e voltar para casa”. O jogador, que se casou em janeiro deste ano, morava com seu time em uma gaming house, em São Paulo.

O pro-player continuará ligado a Team Liquid, como streamer na Twitch e auxiliando a equipe, nos bastidores, durante os campeonatos. A carreira profissional começou com “Battlefield”, mas em 2015 ele foi convidado para testar o “R6” na Califórnia. De volta ao Brasil, começou a se dedicar ao jogo e representou, até 2016, a paiN Gaming. Também teve passagens pela Black Dragons, BRK e-Sports e MOPA Team.

Para ziGueira, o auge da carreira foi a conquista da 7ª temporada da Pro League, campeonato mundial do game. Em maio 2018, a Team Liquid venceu o Atlantic City e faturou US$ 75 mil. “Foi o melhor momento da minha carreira. Nós éramos campeões, o que foi muito legal. Esse foi o nosso objetivo na época – e nós o alcançamos”, relembra.

Atual líder da competição, o próximo confronto da Team Liquid será contra a sétima colocada paiN Gaming, no domingo (8), a partir das 18h.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).