Novo vazamento de informações sobre o iPhone 11 mostra mais mudanças no design

Reprodução
O smartphone também deverá contar com mudanças de hardware e software

Resumo:

  • Os telefones da Apple terão novos processadores, melhorias na câmera, carregamento sem fio, bateria mais duradoura;
  • As novidades também melhoram as funções de realidade aumentada e realidade virtual no iPhone;
  • O design da parte traseira será baseado em apenas uma peça de vidro em toda a estrutura.

Faltando duas semanas para o lançamento do novo iPhone, em 10 de setembro, a Apple enfrenta uma onda de vazamentos muito útil e feliz, que está melhorando a moral de Tim Cook sobre o novo smartphone com iOS. Há até uma mudança surpreendente em um dos elementos mais feios do iPhone 11.

LEIA MAIS: Upgrades do iPhone 11 dão segunda chance ao smartphone

No último fim de semana, apareceram mais relatórios sobre os novos recursos da família iPhone 11, dos novos processadores e possíveis avanços em realidade aumentada (RA) e realidade virtual (VR), com um software melhorado da câmera, até a possibilidade de carregamento sem fio e melhora na bateria. No entanto, os fãs da Apple não devem comparar as “novidades” com os dispositivos Android, que já possuem todas essas funções.

O efeito colateral dos vazamentos é que eles estão ajudando o marketing do iPhone 11. Alguns valorizam as escolhas de hardware da Apple, enquanto outros oferecem contra-argumentos para questões negativas. E isso significa falar sobre as mudanças na câmera, como relata Zach Epstein, do “BGR”: “Em vez de ter uma armação de metal no vidro na parte de trás, o iPhone 11 e o iPhone 11 Pro da Apple contarão com a traseira moldada em uma única peça. O vidro irá se curvar para criar o espaço da câmera, de modo que não haja nenhuma peça de encaixe”.

Será que o fato de o “calombo” da câmera ter uma borda mais lisa no vidro e não no metal nega o design desajeitado e feio que foi usado para montá-la? Não para mim. A falta de simetria ainda está nítida, a loucura de buscar um telefone mais fino a qualquer custo ainda está presente e toda a montagem da lente ainda se parece com a boca de um fogão de indução.

A Apple, no entanto, espera que misturar a curvatura da câmera, o vidro traseiro e cores combinando entre eles, além da remoção do logotipo da empresa, será suficiente para animar seus fãs antes do lançamento.

De qualquer forma, dado o preço excessivo e o pouco apelo do iPhone, todo mundo vai arrumar uma capa protetora para ele, beneficiando os fabricantes, seja a própria Apple ou terceiros.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).