Apresentado por       

Lucro da CPFL Energia dispara 58,5% no 1º trimestre

Ganho da companhia elétrica foi de R$ 904 milhões no período.

Redação
Apresentado por       
Compartilhe esta publicação:
Forbes
Forbes

A CPFL é a segunda maior distribuidora de energia brasileira

Acessibilidade


A CPFL Energia anunciou lucro líquido de R$ 904 milhões no primeiro trimestre, crescimento de 58,5% na comparação com o mesmo período do ano passado, enquanto o indicador de geração de caixa (Ebitda) subiu 10,8% para cerca de R$ 1,7 bilhão.

Em relatório na noite de ontem (14), a companhia que atua nos segmentos de geração, transmissão, distribuição, comercialização e serviços de energia, disse que colaborou com o lucro, além do bom desempenho do Ebitda, “o ganho registrado no resultado financeiro em função da marcação a mercado de dívidas”.

LEIA MAIS: CPFL Energia prevê investimentos de R$ 13,5 bilhões até 2024

A dívida líquida da empresa, a segunda maior distribuidora do Brasil em volume de energia vendida, somou R$ 15,1 bilhões (+1,4% ante o mesmo período do ano passado) e alavancagem atingiu 2,21 vezes dívida líquida/Ebitda (-18,3%).

As vendas de energia elétrica da empresa, controlada pela chinesa State Grid (maior empresa de energia elétrica do mundo), totalizaram 17.442 GWh, uma redução de 1,6%.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

As classes residencial e comercial registraram queda de 2,9% e 2%, respectivamente, essencialmente em função das temperaturas mais amenas registradas no período em relação ao mesmo período de 2019.

“Na classe industrial observamos uma queda de 1,4%, principalmente ocorrido pela migração de dois grandes clientes para rede básica e também pela continuidade da fraca produção industrial no Brasil neste trimestre.” (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Compartilhe esta publicação: