Pfizer tem lucro trimestral acima das estimativas e eleva previsão para 2020

Multinacional farmacêutica lucrou US$ 0,78 por ação.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Forbes
Forbes

Vendas da Pfizer caíram para US$ 11,80 bilhões

Acessibilidade


A Pfizer divulgou hoje (28) lucro do segundo trimestre acima do esperado e aumentou sua previsão para o ano todo, uma vez que a demanda pelo medicamento para câncer Ibrance e pelo anticoagulante Eliquis compensou a menor consumo de alguns de seus tratamentos na pandemia de Covid-19.

A empresa elevou sua previsão de lucro ajustado para 2020 para a faixa de US$ 2,28 a US$ 2,38 por ação, em comparação com a estimativa anterior entre US$ 2,25 e US$ 2,35.

VEJA TAMBÉM: EUA pagarão U$ 1,95 bi por milhões de doses de vacina contra Covid-19 de Pfizer e BioNTech

A Pfizer e a parceira alemã BioNTech disseram que começarão um importante estudo global para avaliar sua principal candidata à vacina para o novo coronavírus.

A farmacêutica norte-americana disse que o lucro líquido caiu 32%, para US$ 3,43 bilhões no segundo trimestre.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

As vendas do Ibrance aumentaram 7%, para US$ 1,35 bilhão.

E AINDA: Forbes promove webinar sobre saúde mental nas empresas. Participe

Excluindo itens, a Pfizer teve lucro de US$ 0,78 por ação, superando a estimativa média dos analistas de US$ 0,66, segundo dados IBES da Refinitiv.

As vendas caíram para US$ 11,80 bilhões, de US$ 13,26 bilhões.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: