Produção de petróleo dos EUA não voltará a nível pré-pandemia, diz secretário

GettyImages/GettyImages
GettyImages/GettyImages

Bombeamento de petróleo dos EUA girava em torno de 13 milhões de barris por dia (bpd) em fevereiro, antes de a pandemia de coronavírus afetar a demanda por combustíveis

O secretário de Energia dos Estados Unidos, Dan Brouillette, afirmou hoje (28) que não espera que a produção de petróleo norte-americana retome em breve os níveis pré-pandemia.

O bombeamento de petróleo dos EUA girava em torno de 13 milhões de barris por dia (bpd) em fevereiro, antes de a pandemia de coronavírus afetar a demanda por combustíveis.
Atualmente, a produção de petróleo dos EUA está próxima de 11 milhões de bpd.

“Nós simplesmente ainda não temos demanda para produção. Nós ainda estamos trabalhando com os estoques que aumentaram durante a pandemia”, disse Brouillette a repórteres, em uma teleconferência organizada pela IHS CERAWeek, o Fórum de Energia da Índia.

A Administração de Informações sobre Energia (AIE), órgão independente de estatísticas do Departamento de Energia dos EUA, disse neste mês que a produção de petróleo do país deve atingir 11,2 milhões de bpd no quarto trimestre de 2021.

“Eu não vejo um retorno aos 13 milhões de barris por dia no futuro muito próximo”, afirmou Brouillette. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).