Por condições de mercado, Agrogalaxy suspende estreia na B3

MattMawson/GettyImages
MattMawson/GettyImages

Início das negociações estava marcado para sexta (12). Varejista agrícola deve retomar oferta ainda neste ano.

A Agrogalaxy informou na tarde de ontem (9) que solicitou à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) a suspensão da Oferta Pública Inicial (IPO, em inglês) alegando deterioração das condições de mercado. A precificação dos ativos estava marcada para hoje (10) e a estreia da companhia na B3 prevista para a próxima sexta (12).

A varejista agrícola planeja retomar a oferta em outro momento, provavelmente ainda em 2021.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

De acordo com análise da Suno Research, o período de incertezas e forte turbulência do mercado acionário brasileiro pode colaborar para a suspensão de outras ofertas. Somente em março, três empresas desistiram de abrir capital: Urba Desenvolvimento, Yuny Incorporadora e Kallas Incorporações e, em 2020, 13 companhias deixaram de realizar o IPO, segundo a CVM.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).