Ibovespa sobe com Petrobras, apesar de disputa em torno do orçamento

O Índice Bovespa opera em alta na abertura dos negócios desta segunda-feira (12), ganhando 0,63% aos 118.406 pontos, puxada por alta nos papéis da Petrobras que sobem mais de 2% na sessão, apesar da manutenção das incertezas políticas e fiscais no contexto doméstico.

O orçamento de 2021 e a CPI da Covid-19 seguem nos holofotes em Brasília. O impasse sobre o orçamento já chega a terceira semana consecutiva, enquanto a CPI ganha um novo capítulo após pedido do presidente Jair Bolsonaro para incluir estados e municípios no escopo de trabalho da Comissão.

“O clima da semana começa contaminado depois do senador Jorge Kajuru divulgar telefonema em que o presidente Jair Bolsonaro teria dito ter receio de um “relatório sacana”, pediria pressão por impeachment de ministros do Supremo e ainda requisitaria a inclusão de estados e municípios no escopo da CPI”, afirma a XP Investimentos em Morning Call.

Em análise matinal, o estrategista da Genial Investimento, Filipe Villegas, avalia que a questão do orçamento tem efeito duplo, de ordem fiscal e também sobre um enfraquecimento político do ministro Paulo Guedes no cargo. A equipe econômica defende o veto total do texto pelos riscos jurídicos e fiscais presentes na versão aprovada pelo Congresso.

Nos indicadores, o Boletim Focus de hoje mostrou que a projeção para a Selic ao final de 2021 subiu a 5,25%, ante 5,00% da semana anterior. Com a taxa básica atualmente em 2,75%, os especialistas calculam uma alta de 0,75% ponto na Selic na próxima reunião do BC, em maio, subindo a 3,5%.

Os economistas consultados também voltaram a elevar as expectativas para a inflação, calculando a alta do IPCA em 4,85% em 2021.

No exterior, a semana deve ser marcada por divulgação da inflação de março nos EUA, início da temporada de balanços corporativos do primeiro trimestre de 2021 e leilão de títulos públicos norte-americanos, enquanto a China irá divulgar o resultado de sua balança comercial e PIB do último do mês.

Os índices futuros em Wall Street trabalham em leve queda nesta manhã, com o S&P 500 futuro perdendo 0,08% aos 4.115 pontos às 10h15, horário de Brasília.

O dólar opera em queda ante o real na manhã desta segunda-feira, perdendo 0,64% e negociado a R$ 5,63 na venda, com o mercado local capturando a fraqueza da moeda no exterior, no começo de uma semana agitada nas praças internacionais e de expectativas para o noticiário doméstico em âmbito político. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).