Morre Maurício Vargas, fundador do Reclame Aqui, vítima da Covid-19

Divulgação
Divulgação

Legenda: Maurício Vargas criou a Reclama Aqui após enfrentar problemas com uma companhia aérea

O empresário e fundador da plataforma Reclame Aqui, Maurício Vargas, faleceu na noite de ontem (2), aos 58 anos, vítima do coronavírus. Ele estava internado há mais de uma semana no Hospital São Luiz, em São Paulo, devido ao agravamento do quadro da Covid-19.

Fundada em 2001, o site Reclame Aqui se tornou referência na checagem de serviços prestados por empresas. Criada após Vargas ter procurado – sem sucesso – o serviço de atendimento ao cliente quando teve problemas com uma companhia aérea, o que resultou em uma perda de negócios, construiu o que hoje é autoridade nas mediações entre fornecedores e consumidores.

Segundo a plataforma, o fundador acreditava que as empresas precisavam “entender e ouvir o consumidor, pois, faz parte do processo de vendas e do crescimento da marca”.

No Twitter, algumas empresas, como o Magazine Luiza, publicaram mensagens em solidariedade.

Vargas deixa dois filhos, os pais e o irmão.

Segue nota da Reclame Aqui:

É com grande pesar que a família comunica o falecimento do querido Mauricio Vargas. Ele estava internado em São Paulo para o tratamento da COVID-19. O empresário fundou em 2001 o Reclame AQUI, o maior site de reclamações e reputação de empresas do país. Mauricio nasceu em Campo Grande (MS), tinha 58 anos e deixa os pais, irmãos, esposa e dois filhos.

Um dos principais lemas do Mauricio, estampado nas paredes do Reclame AQUI, dizia que “não faz sentido acumular riqueza, o importante é ter um negócio que muda a vida das pessoas”. E este é o grande legado que ele deixa para sua família e para os 200 colaboradores do Reclame AQUI que agora carregam essas palavras.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).