Vale assina contrato definitivo com Mitsui por fatias em Moatize e CLN

Ricardo Moraes/Reuters
Ricardo Moraes/Reuters

A mineradora Vale fechou contrato para aquisição da participação do grupo japonês Mitsui na mina de carvão Moatize e no CLN

A mineradora Vale assinou contrato definitivo com a Mitsui para aquisição da totalidade da participação do grupo japonês na mina de carvão de Moatize e no CLN (Corredor Logístico de Nacala), conforme acordo anunciado antes pelas empresas em janeiro.

O acerto final com a Mitsui marca uma etapa inicial do desinvestimento pela Vale de seu negócio de carvão, disse a companhia em comunicado na noite de ontem (19), no qual destacou que o movimento está em linha com sua estratégia de disciplina na alocação de capital e simplificação de portfólio.

VEJA TAMBÉM: Produção e vendas de minério da Vale crescem mais de 14% com firme demanda da China

A Vale anunciou em janeiro que pagaria US$1,00 pela participação da Mitsui nos ativos de mina e logística de Moatize e CLN, localizados em Moçambique, na África, para posteriormente vendê-los.

A mineradora brasileira disse no comunicado de ontem (19) que a saída do carvão também reforça sua meta de se tornar uma líder em mineração de baixo carbono, bem como seu compromisso com o Acordo de Paris. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).