Luiza Trajano estreia canal de entrevistas no YouTube

Semanal, vídeos serão apresentados às segundas-feiras com convidados que contarão histórias de empreendedorismo.

Kariny Leal
Compartilhe esta publicação:
Tomas Arthuzzi
Tomas Arthuzzi

Semanal, vídeos serão apresentados às segundas-feiras com convidados que contarão histórias de empreendedorismo

Acessibilidade


A partir de hoje (24), além de presidente do conselho de administração do Magazine Luiza e do Grupo Mulheres do Brasil, Luiza Helena Trajano também é apresentadora de um canal de entrevistas no YouTube. Batizada de “Eu Nunca Pensei Que”, a iniciativa nasce com o objetivo de trazer histórias de pessoas que jamais pensaram em empreender ou fazer algo inovador, além de discutir assuntos importantes como saúde, ciência, educação e entretenimento.

Com um patrimônio estimado pela Forbes em US$ 4,5 bilhões no ranking em tempo real, a bilionária diz que pretende compartilhar histórias inspiradoras. “E isso é o que não falta no Brasil”, diz ela.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

A estreia contou com a médica pneumologista Margareth Dalcomo, mas, na primeira temporada – formada por 11 episódios de 20 minutos cada -, estão previstos Alok, Ana Paula Padrão e Daniela Mercury. Os novos programas serão exibidos sempre às segundas-feiras.

“Apesar de ser uma das empresárias mais relevantes do país, o programa soa extremamente popular, como ela é de verdade. Vejo nela características que via na Hebe Camargo: uma apresentadora cativante”, comenta o diretor do programa, Julio Piconi.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Luiza participou hoje de um evento online com o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, no qual se disse preocupada com a lentidão da vacinação no país e se propôs a ajudar a instituição na criação de um comitê de monitoramento da inflação de produtos básicos. “Unir o varejo, a indústria e representantes do comitê já ajuda muito”, defendeu a empresária, que ainda se disse disponível para auxiliar o BC, de forma não oficial, a acelerar a digitalização do país e, em uma terceira frente, melhorar o atendimento a micro e pequenas empresas. Campos Neto, por sua vez, revelou ter gostado das propostas e garantiu que levaria os temas à diretoria da entidade.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: