N26, eleito melhor banco do mundo por pesquisa da Forbes, chega ao Brasil

Fintech se tornou a mais valiosa da Alemanha em outubro, quando chegou a uma avaliação de mercado de US$ 9 bilhões.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Divulgação
Divulgação

Banco alemão, que já está presente em países como Itália, Estados Unidos e Suíça, aposta no desenvolvimento de app e serviços adaptados às necessidades dos brasileiros

Acessibilidade


O banco digital N26, fundado na Alemanha, inicia suas atividades no Brasil hoje (4), depois de já ter se expandido para 25 países. A partir desta quinta-feira, a fintech irá selecionar pessoas inscritas na sua lista de espera para testar a plataforma e contribuir na criação dos serviços que serão oferecidos.

O grupo, que será escolhido a partir de mais de 200 mil interessados, terá acesso ao app ainda neste ano. O lançamento para o público brasileiro está previsto para o primeiro semestre de 2022.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

O N26 foi apontado como o melhor banco do mundo em 2021 pela Forbes. O ranking foi feito em parceria com a Statista, que entrevistou mais de 43 mil clientes em 28 países. As instituições financeiras foram avaliadas segundo satisfação dos consumidores e se eles as recomendariam, além de cinco quesitos: confiança, termos contratuais, atendimento, serviços digitais e assessoria financeira.

Eduardo Prota, CEO da operação brasileira, afirma que a proposta da fintech vai além de oferecer serviços bancários de forma digital. “Hoje, sete em cada dez pessoas estão endividadas. Neste cenário, só replicar a experiência bancária no celular já não é mais suficiente”, afirma ele em comunicado citando dados de pesquisa realizada pela CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo).

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O objetivo do banco alemão é focar em soluções de organização e planejamento financeiro desenvolvidas para o perfil do cliente brasileiro, sem relação com o que é oferecido nos outros países onde a fintech já atua, como Reino Unido, Espanha, Itália, Estados Unidos e Suíça.

Em outubro, o N26 levantou US$ 9 bilhões em uma rodada Série E, e chegou a uma avaliação de mercado de US$ 9 bilhões, se tornando a fintech mais valiosa da Alemanha.

Compartilhe esta publicação: