Nova variante da Covid faz Ibovespa fechar em queda pelo quinto mês seguido

Segundo analistas da Terra Investimentos, o encerramento da Bolsa brasileira no vermelho hoje traz “um cenário de maior cautela para o último mês do ano e para 2022”.

Isabella Velleda
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


O Ibovespa fechou hoje (30) em queda de 0,87%, a 101.915 pontos, chegando ao quinto mês seguido no vermelho. A sessão foi marcada por dados do mercado de trabalho doméstico, expectativas sobre o avanço da PEC dos Precatórios no Senado e temores sobre a nova variante da Covid-19.

Divulgado na tarde de hoje, o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) mostrou que o Brasil abriu 253.083 vagas formais de trabalho em outubro, queda de 30,9% sobre o desempenho registrado no mesmo mês de 2020. No ano, esta foi a performance mensal mais fraca desde abril, quando foram abertas 82.188 vagas.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Por outro lado, o Brasil registrou queda na taxa de desemprego calculada pela Pnad Contínua, que ficou em 12,6% no trimestre encerrado em setembro, ante 14,2% no segundo trimestre, em linha com a expectativa de economistas.

Já a PEC dos Precatórios, que está no radar dos investidores há algumas semanas, foi aprovada hoje pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado. O presidente da Casa, Rodrigo Pacheco, afirmou que a matéria pode ser levada ainda nesta terça-feira ao plenário caso as conversas entre o relator da proposta e demais senadores resultem em um acordo.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Grupo CCR (CCRO3), YDUQS (YDUQ3) e Banco do Brasil (BBAS3) estão entre os destaques positivos da sessão, com altas de 6,95%, 4,35% e 3,34%, respectivamente. Já Locaweb (LWSA3) e Méliuz (CASH3) cedem mais de 9% cada.

Segundo analistas da Terra Investimentos, o encerramento da Bolsa brasileira no vermelho hoje traz “um cenário de maior cautela para o último mês do ano e para 2022”.

Em Wall Street, os índices também fecharam em queda. O Dow Jones caiu 1,86%, a 34.483 pontos, o S&P 500 registrou perdas de 1,90%, a 4.567 pontos, e o Nasdaq cedeu 1,55%, a 15.537 pontos.

O pessimismo global começou logo de manhã, quando o CEO da farmacêutica Moderna, Stéphane Bancel, afirmou que a ômicron, nova variante da Covid-19, talvez seja resistente às vacinas atuais. O comentário levou ações de viagens, energia e bancos a operar no vermelho.

Jerome Powell, chefe do Federal Reserve, o banco central norte-americano, também esteve no radar dos investidores. O chair do Fed disse que é apropriado considerar antecipar o fim do programa de estímulos à economia dos Estados Unidos. Ele acrescentou que o cronograma para a redução das compras de títulos deve ser revisitado na próxima reunião do banco, em duas semanas.

O dólar fechou em alta de 0,48%, negociado a R$ 5,6372 na venda, impulsionado principalmente pelas chances de redução mais acelerada de estímulos nos EUA, o que fortalece as expectativas de altas antecipadas de juros no país e, por sua vez, eleva a atratividade da moeda norte-americana. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: