Premiê Boris Johnson diz que bancos russos serão excluídos do sistema financeiro britânico

 Segundo o premiê, os Estados Unidos estavam tomando medidas semelhantes.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Reuters
Reuters

A medida foi tomada por Boris Johnson depois de a Rússia invadir a Ucrânia

Acessibilidade


O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disse que os bancos russos serão excluídos do sistema financeiro do Reino Unido como parte de novas sanções contra a Rússia, depois que Moscou lançou uma invasão total da Ucrânia por terra, ar e mar, hoje (24)

“Esses poderes nos permitirão excluir totalmente os bancos russos do sistema financeiro britânico, que é de longe o maior da Europa, impedindo-os de acessar a libra esterlina e de fazer pagamentos através do Reino Unido“, disse Johnson ao Parlamento, acrescentando que os Estados Unidos estavam tomando medidas semelhantes.

VEJA TAMBÉM: Como a guerra entre Rússia e Ucrânia afeta a economia brasileira?

“Estes poderes também nos permitirão proibir as empresas estatais e privadas russas de levantar fundos no Reino Unido, proibindo a negociação de seus títulos e a concessão de empréstimos a eles. Limitaremos a quantia de dinheiro que os cidadãos russos poderão depositar em suas contas bancárias no Reino Unido“.

Compartilhe esta publicação: