Allied anuncia oferta pública de ações; veja os destaques do Radar

Últimas notícias sobre: Vamos, SulAmérica, Eletromidia, Eletrobras, BRF Petrobras e Cruzeiro do Sul.

Isabella Velleda
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


No Forbes Radar de hoje (7), a Allied Tecnologia informou que realizará uma oferta pública de distribuição secundária de, inicialmente, 381 mil ações ordinárias. Com base na cotação de fechamento de 3 de março, o montante total da oferta seria de R$ 4,9 milhões.

Já a Vamos comunicou que a Vamos Seminovos, subsidiária integral da empresa, celebrou contrato de compra e venda que resultará em uma participação de 70% na Truckvan. O contrato prevê um aporte de R$ 30 milhões e uma aquisição secundária de R$ 54 milhões.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Veja esses e outros destaques corporativos do dia:

Allied Tecnologia (ALLD3)

A Allied Tecnologia informou que realizará a oferta pública de distribuição secundária de suas ações ordinárias de titularidade exclusiva do FIP I (Brasil Investimentos 2015 I Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia), e do FIP II (Brasil Investimentos 2015 II Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia).

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A oferta consistirá na distribuição pública de, inicialmente, 381.679 ações, no Brasil, em mercado de balcão não organizado. A quantidade de ações poderá ser acrescida em até 20% do total de ações inicialmente ofertadas, olem seja, em até 76.335 ações ordinárias.

O preço por ação será fixado após a conclusão do procedimento de coleta de intenções de investimento junto a investidores institucionais. A cotação de fechamento das ações ordinárias de emissão da companhia na B3 em 3 de março de 2022 foi de R$13,10.

O preço por ação da oferta poderá variar para mais ou para menos conforme conclusão do procedimento de bookbuilding. Dessa forma, o montante total da oferta, com base neste preço por ação indicativo, seria de R$ 4,9 milhões.

Vamos (VAMO3)

A Vamos comunicou que a Vamos Seminovos, subsidiária integral da empresa, celebrou contrato de compra e venda que resultará em uma participação de 70% na Truckvan. A transação ocorre por meio da aquisição das quotas de emissão da Braga Company e da Rafe Investimentos, controladoras integrais da Truckvan.

O contrato prevê um aporte de R$ 30 milhões, a ser realizado na data de fechamento, e uma aquisição secundária de R$ 54 milhões, feito parte à vista e parte parcelado, que resultará em uma participação indireta de 70% da Vamos, através da Vamos Seminovos, na Truckvan.

Com isso, a avaliação de 100% da Truckvan corresponde a R$ 90 milhões. Entre o terceiro e quinto ano da data de fechamento da transação, a Vamos Seminovos terá o direito de adquirir, e as famílias Braga e Santilli terão o direito de vender a participação remanescente do capital da Truckvan por um preço a ser definido.

SulAmérica (SULA11)

A Sul América informou a respeito da aquisição, pelos investidores da Rede D’Or, de 24,4 milhões de units da companhia, representadas por 24,4 milhões de ações ordinárias e 48,8 milhões de ações preferenciais.

Com esta aquisição, a participação dos investidores alcançou o equivalente a 5,73% do capital social da companhia, sendo 3,81% do total de ações ordinárias e 7,66% do total de ações preferenciais.

Eletromidia (ELMD3)

A Eletromidia informou que foi aprovada a aquisição de 74,65% das ações da Otima Concessionária de Exploração de Mobiliário Urbano pela Publibanca, subsidiária da companhia.

A conclusão da transação depende ainda de outras condições precedentes.

Eletrobras (ELET6)

A Eletrobras informou que destinará R$ 6,5 bilhões à sua subsidiária Eletronuclear para a aquisição de combustível para as usinas nucleares de Angra 1 e Angra 2, a serem fornecidos pela INB (Indústrias Nucleares do Brasil).

Os recursos necessários para a cobertura do contrato de combustível serão 100% provenientes de repasses da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica).

BRF (BRFS3)

A BRF comunicou que tomou conhecimento acerca da suspensão da planta de Lucas do Rio Verde, no Mato Grosso, para exportação de carne de aves para a China desde o último sábado (5).

“A companhia informa que tomará as medidas cabíveis para a reversão da situação com as autoridades chinesas e brasileiras, ressaltando que até o momento não foi notificada oficialmente”, disse a empresa em fato relevante, acrescentando que não prevê impactos materiais em suas atividades e nas demonstrações financeiras em virtude desta suspensão.

Petrobras (PETR3;PETR4)

A Petrobras assinou contrato com a parceira CPBL (CNOOC Petroleum Brasil) referente à cessão de 5% de sua participação no Contrato de Partilha de Produção do Volume Excedente da Cessão Onerosa, para o campo de Búzios, no pré-sal da Bacia de Santos.

O valor, relativo à parcela da CPBL, a ser recebido à vista pela Petrobras no fechamento da operação será de US$ 2,12 bilhões e foi calculado com a data base de 1º de setembro e com o câmbio de R$ 5,07/US$.

Após a efetividade da transação, a Petrobras passará a deter 85% de participação no Contrato de Partilha de Produção do Volume Excedente da Cessão Onerosa do campo de Búzios, enquanto a CPBL deterá 10% e a CNODC Brasil Petróleo e Gás Ltda, 5%.

Cruzeiro do Sul Educacional (CSED3)

A Cruzeiro do Sul Educacional informou que não seguirá com a transação para aquisição da totalidade das quotas da Instituição Universitária Moura Lacerda, em razão de consenso entre as partes em relação a elementos essenciais para a conclusão da transação.

Compartilhe esta publicação: