FMI aprova pacote de apoio emergencial de US$ 1,4 bilhão à Ucrânia

Recursos serão usados para financiar despesas e fortalecer o balanço de pagamentos do país.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Yuri Gripas/Reuters
Yuri Gripas/Reuters

Presidente do banco central da Ucrânia disse que ajuda do FMI é “vital” nesse momento “tão horrível”

Acessibilidade


O FMI (Fundo Monetário Internacional) aprovou US$ 1,4 bilhão em apoio emergencial à Ucrânia para financiar despesas e fortalecer o balanço de pagamentos, disse o presidente do banco central ucraniano, Kyrylo Shevchenko, em comunicado hoje (9).

A Ucrânia tem recorrido ao financiamento de aliados e instituições internacionais para apoiar sua economia após o início da invasão russa, em 24 de fevereiro.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

“Estamos imensamente gratos ao FMI por sua pronta resposta ao nosso pedido. Esperamos concluir todos os procedimentos necessários o mais rápido possível”, disse Shevchenko. “Isso é vital para a Ucrânia agora que está passando por um momento tão horrível.”

Compartilhe esta publicação: