Ações da China fecham em alta com melhora do sentimento por alívio de restrições contra Covid

Compartilhe esta publicação:

 

Acessibilidade


XANGAI (Reuters) – As ações chinesas fecharam em alta nesta terça-feira, ajudadas por ganhos nas ações dos consumidores diante da esperança de recuperação da demanda, já que Pequim aliviou ainda mais as restrições de combate à Covid-19, enquanto os investidores realizaram lucros em algumas ações que haviam se recuperado acentuadamente nas últimas sessões.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, subiu 0,31%, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,17%.

O índice de Hong Kong Hang Seng caiu 0,56%, enquanto o China Enterprises Index teve perda de 0,4%.

No mais recente sinal de abrandamento das restrições na capital Beijing, o Universal Beijing Resort disse que reabrirá em 15 de junho após ficar fechado or mais de um mês.

O foco dos investidores mudará para os fundamentos e o mercado deve ver um desempenho limitado após recente recuperação, disseram analistas da Bosera Asset Management Co.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,10%, a 27.943 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,56%, a 21.531 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,17%, a 3.241 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,31%, a 4.179 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 1,66%, a 2.626 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,56%, a 16.512 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,15%, a 3.231 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 1,53%, a 7.095 pontos.

Compartilhe esta publicação: