Carrefour Brasil estima R$2,1 bi para conversão de um terço das lojas do BIG

Compartilhe esta publicação:

 

Acessibilidade


SÃO PAULO (Reuters) – O Carrefour Brasil espera investimentos e gastos de 2,1 bilhões de reais para a conversão de cerca de um terço das lojas adquiridas do Grupo BIG.

A informação consta em apresentação divulgada no domingo pela empresa. O Carrefour Brasil realiza nesta manhã conferência com investidores sobre a aquisição do BIG, anunciada no ano passado e que foi concluída há poucos dias.

Das 374 lojas do BIG adquiridas, número que já exclui aquelas que serão vendidas por determinação do órgão antitruste Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), 122 serão convertidas em outras bandeiras ou formatos – o Carrefour fala em 124 conversões, já que duas lojas BIG a serem transformadas em Sam’s Club vão virar hipermercado e clube ao mesmo tempo.

O Carrefour Brasil vai transformar 38 pontos do Maxxi Atacado, 4 Todo Dia e 28 BIG em Atacadão. Além disso, mais 47 lojas BIG vão virar Carrefour e outras sete serão convertidas em Sam’s Club.

As conversões devem ser concluídas até o final do ano que vem, sendo que em 89 delas – as que são apenas de bandeiras, e não de formato, como de Maxxi para Atacadão, por exemplo – as lojas ficarão fechadas por apenas três dias. As 35 transformações restantes necessitarão de fechamento dos pontos por dois meses.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O Carrefour Brasil ainda divulgou impacto negativo de 300 milhões de reais no Ebitda por conta de despesas extraordinárias entre 2022 e 2023, incluindo honorários advocatícios e de consultorias.

Sobre sinergias, o grupo manteve a expectativa de ganhos de cerca de 2 bilhões de reais em Ebitda, o lucro antes de impostos, juros, depreciação e amortização, por ano até 2025 por causa da aquisição.

(Por Andre Romani)

Compartilhe esta publicação: