Ações da Tesla avançam após resultado acima do esperado

A fabricante de veículos elétricos registrou lucro ajustado de US$ 2,27 por ação no 2º trimestre, contra estimativa de US$ 1,81

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Patrick Pleu/Pool/Reuters
Patrick Pleu/Pool/Reuters

Na manhã de hoje (21), as ações da Tesla disparavam 5,9%, a US$ 786,3 cada

Acessibilidade


A Tesla divulgou uma queda menor do que a esperada no lucro trimestral, diante de uma série de aumentos nos preços dos veículos, que o presidente-executivo da empresa, Elon Musk, classificou como “embaraçosamente altos”.

A fabricante de veículos elétricos registrou um lucro ajustado de US$ 2,27 por ação no trimestre encerrado em junho, contra estimativa de US$ 1,81, com base nas projeções de analistas.

Por volta de 10h45 (horário de Brasília), as ações da Tesla disparavam 5,9%, a US$ 786,3 cada. Os papéis estavam cerca de 37% abaixo do pico atingido em novembro.

A empresa elevou os preços de seus carros várias vezes em 2022 para lidar com os custos mais altos do lítio, usado nas baterias, e do alumínio, utilizado nas carrocerias, além de outras matérias-primas.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“(Os preços) estão, francamente, em níveis embaraçosos. Mas também tivemos muitos choques na cadeia de suprimentos e na produção e temos uma inflação louca”, disse Musk, que já havia falado de “um pressentimento super ruim” sobre a economia.

A receita total da Tesla caiu para US$ 16,93 bilhões no trimestre, ante US$ 18,76 bilhões nos primeiros três meses do ano, encerrando uma série de receitas recordes nos últimos trimestres. Analistas esperavam receita de US$ 17,10 bilhões, segundo dados compilados pela Refinitiv.

A Tesla ainda disse que converteu aproximadamente 75% de suas compras de bitcoin em moeda fiduciária, o que adicionou US$ 936 milhões ao seu balanço.

Compartilhe esta publicação: