GPA (PCAR3) vê margem Ebitda de dois dígitos em 2023

CEO do grupo afirma que o cenário macroeconômico e competitivo faz a companhia adiar para 2023 a perspectiva de melhora da margem.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Foto: GPA/ Divulgação
Foto: GPA/ Divulgação

O GPA registrou um prejuízo líquido de R$ 172 milhões no segundo trimestre de 2022 e reverteu o lucro do mesmo período do ano passado.

Acessibilidade


O GPA, varejista que opera a bandeira Pão de Açúcar, espera que sua rentabilidade medida pelo indicador margem Ebitda alcance dois dígitos percentuais só em 2023, disse nesta quinta-feira o diretor presidente da companhia, Marcelo Pimentel.

A varejista divulgou na noite da véspera um prejuízo líquido de R$ 172 milhões no segundo trimestre, após lucro de R$ 3 milhões no mesmo período de 2021. A margem Ebitda ajustada ficou em 7%, contra 8,4% um ano antes.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

“Nossa perspectiva é que a rentabilidade melhore gradualmente trimestre a trimestre”, disse Pimentel em teleconferência de resultados com analistas nesta manhã.

Ele afirmou que, apesar da expectativa de melhora no segundo semestre, o cenário macroeconômico e competitivo coloca a companhia em “um ambiente de conservadorismo para chegar ao duplo dígito (de margem Ebitda) neste ano”, acrescentando que isso deve ocorrer em 2023.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Questionado sobre o site de comércio eletrônico francês Cdiscount, principal operação da Cnova, na qual o GPA tem participação, Pimentel disse que o setor passa por dificuldades na Europa e que trata-se de um movimento cíclico.

“Temos pouco o que fazer no momento com esse ativo, e esperamos que venha a se recuperar num futuro mais próximo para que possamos nos beneficiar nesse contexto”, disse.

O GPA possui cerca de 34% da Cnova. Ambos fazem parte do grupo varejista francês Casino. A potencial venda de participação do dono do Pão de Açúcar na Cnova é olhada com atenção pelo mercado, pelo potencial de destravar valor.

Pimentel, anunciado como presidente do GPA em março, após deixar o comando da Marisa, falou sobre a estratégia do grupo que, segundo ele, envolve revisão dos sortimentos de produtos disponíveis nas lojas de cada bandeira, de modo a reduzir estoques, e diminuição da ruptura (falta de produtos nas gôndolas) por meio de medidas na logística.

As vendas em julho do GPA até o momento tiveram patamares similares aos do segundo trimestre, segundo ele.

Por volta de 13h30, as ações do GPA caíam 3,3%, ante alta de 0,5% do Ibovespa.

>> Inscreva-se ou indique alguém para a seleção Under 30 de 2022

Compartilhe esta publicação: