IBM tem receita acima do esperado no trimestre, mas faz alerta sobre câmbio

A alta de juros nos EUA e tensões geopolíticas têm impulsionado o dólar contra uma cesta de moedas, fazendo empresas internacionais moderarem as expectativas do mercado

Reuters
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


A IBM divulgou hoje (18) receita trimestral acima da esperada pelo mercado, mas alertou que o impacto do câmbio no ano pode ser de cerca de US$ 3,5 bilhões (R$ 18,78 bilhões).

A alta de juros nos EUA e tensões geopolíticas têm impulsionado o dólar contra uma cesta de moedas, fazendo empresas internacionais como Microsoft e Salesforce moderarem as expectativas do mercado.

As ações da IBM caiam 4,4% no pregão estendido. “Eu acho que o mercado está extremamente pessimista sobre os fatores macroeconômicos”, disse Daniel Newman, da Futurum Research.

A IBM espera que o impacto do câmbio na receita seja de cerca de 6% este ano, disse o vice-presidente financeiro, James Kavanaugh. O impacto previsto anteriormente era de 3% a 4%.

A receita do segundo trimestre foi atingida por conta de US$ 900 milhões (R$ 4,8 bilhões) ligados à alta do dólar, disse Kavanaugh.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Normalmente, um dólar mais forte acaba pesando sobre os lucros de companhias norte-americanas que têm operações internacionais significativas.

No trimestre encerrado em 30 de junho, a IBM teve margem bruta ajustada de 54,5% enquanto analistas esperavam 56,6%.

Forte demanda por negócios de consultoria e infraestrutura fizeram a receita da IBM somar US$ 15,54 bilhões (R$ 83,40 bilhões) no trimestre, ante expectativa de analistas de US$ 15,18 bilhões (R$ 81,46 bilhões) , segundo dados da Refinitiv.

Também em termos ajustados, a IBM teve lucro de US$ 2,31 (R$ 12,39) por ação no trimestre, ante expectativa média do mercado de US$ 2,27 (R$ 12,18).

Compartilhe esta publicação: