Gramado Summit usa tecnologia em protocolo para evitar contágio por Covid-19

Conferência de inovação será realizada entre 30 de setembro e 2 de outubro na cidade gaúcha

Redação
Compartilhe esta publicação:
Divulgação
Divulgação

Conferência de inovação criou protocolo de segurança baseado em soluções tecnológicas

Acessibilidade


Marcada para acontecer entre 30 de setembro e 2 de outubro na cidade de Gramado (RS), a conferência de inovação Gramado Summit está criando um protocolo de segurança baseado em soluções tecnológicas.

Um dos destaques é um recurso que será encontrado no aplicativo oficial do evento, focado nos processos relativos à alimentação dos participantes. A funcionalidade emula um processo semelhante ao usado pelo iFood. O usuário poderá fazer pedidos de refeições a estabelecimentos que estarão na conferência através do app da Gramado Summit.

LEIA MAIS: Twitter silencia contas verificadas de bilionários e famosos após onda de ataque de hackers

O pagamento será feito pelo cartão cadastrado na primeira compra e, após a conclusão, o pedido poderá ser visualizado pelos fornecedores em seus aplicativos, onde estarão contidas as informações necessárias para o preparo da encomenda.

“Assim evitamos o contato com cédulas de dinheiro, bem como a aglomeração de pessoas em filas para compra de insumos”, aponta Marcos Rossi, CEO da Gramado Summit.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Outras medidas que formam o protocolo e utilizam tecnologia incluem o credenciamento dos participantes. Não haverá balcões ou contato físico neste processo, que também
será feito pelo aplicativo, que conta com uma funcionalidade baseada em geolocalização e permite que participantes façam o check-in no evento assim que chegarem na região da cidade gaúcha. Na chegada ao local do evento, o QR code de confirmação do check-in será lido pelos seguranças.

Siga todas as novidades da Forbes Insider no Telegram

Além disso, participantes também terão suas temperaturas aferidas e passarão por uma cabine de higienização na entrada, além de receberem um kit contendo uma máscara de proteção e álcool em gel.

No palco principal e nas demais áreas de conteúdo da conferência, as cadeiras respeitarão o distanciamento de um metro umas das outras. Os corredores da feira obedecerão uma largura mínima de 3 metros e haverá totens com álcool em gel para higienização. As passadeiras serão higienizadas com hipoclorito de sódio e todos os estandes da feira serão projetados com estruturas abertas para permitir ventilação.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: