Jack Dorsey deixará o comando do Twitter

Cofundador renunciou à posição e será substituído por Parag Agrawal, então chefe de tecnologia .

Redação
Compartilhe esta publicação:

Em 2008, Dorsey foi afastado da liderança da empresa e retornou em 2015 (Crédito: Getty Images)

Acessibilidade


O CEO e cofundador do Twitter, Jack Dorsey, renunciou ao cargo de executivo-chefe na manhã desta segunda-feira. De acordo com Dorsey, o Twitter está “pronto para seguir em frente sem ele” que será substituído pelo chefe de tecnologia Parag Agrawal. Com a saída, as ações do Twitter dispararam até 12,5% na negociação pré-mercado, imediatamente após a notícia.

Após o site CNBC adiantar a decisão de Dorsey, o executivo confirmou a informação e destacou que segue liderando a empresa de pagamentos digitais Square, onde também atua como CEO. Em uma mensagem no próprio Twitter, ele afirmou que vem trabalhando duro para que a plataforma consiga se desvencilhar dos fundadores e tome um rumo próprio e sem limitações. No início de 2020, o Elliott Management, fundo investidor da plataforma, chegou a pressionar pela saída de Dorsey. Em 2008, ele chegou a ser afastado da liderança e retornou em 2015, neste período, a empresa foi comandada pelo cofundador Evan Williams.

 

Compartilhe esta publicação: