Milho fecha sem direção comum em Chicago, enquanto soja cai e trigo sobe

Preocupações com a oferta global forneceram suporte aos preços dos grãos no mercado.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Jim Young/Reuters
Jim Young/Reuters

O contrato mais ativo do milho cedeu US$ 0,42, a US$ 6,4825 por bushel

Acessibilidade


Os contratos futuros do milho negociados em Chicago fecharam sem direção comum hoje (29), à medida que operadores realizaram lucros após uma forte alta no mercado, mas preocupações com a oferta global forneceram suporte aos preços.

A soja recuou depois de o óleo de soja se afastar de máximas recentes, enquanto o trigo terminou o dia em alta, uma vez que o tempo seco tem avançado pelas Planícies dos Estados Unidos.

LEIA MAIS: Milho tem máxima de oito anos em Chicago com seca no Brasil e plantio lento nos Estados Unidos

O contrato mais ativo do milho cedeu US$ 0,42, a US$ 6,4825 por bushel, enquanto o contrato de maio, com vencimento mais próximo, teve ganho de US$ 0,1575, a US$ 7,02 o bushel.

O trigo subiu US$ 0,625, para US$ 7,29 o bushel. Já a soja fechou em queda de US$ 0,1150, a US$ 15,0225 por bushel.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Movimentos de realização de lucros e o clima promissor para plantio nos EUA pressionaram as cotações de milho e soja, apesar das incertezas em relação à produção global. “Tivemos muitos dias com boas vendas”, disse Jack Scoville, analista de mercado do Price Futures Group. “Espero um mercado bastante volátil por aqui.” (Com Reuters)

 

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: