IGC reduz previsão para safra mundial de milho 2022/23

Em sua atualização mensal, o órgão intergovernamental reduziu suas perspectivas em 1 milhão de toneladas, para 1,189 bilhão de toneladas

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Stringer/Reuters
Stringer/Reuters

A safra de milho da UE foi estimada em 76,5 milhões de toneladas, contra uma previsão anterior de 78,2 milhões

Acessibilidade


O Conselho Internacional de Grãos (IGC, na sigla em inglês) reduziu hoje (21) sua previsão para a produção global de milho 2022/23, em grande parte impulsionada pelo estresse da seca na União Europeia.

Em sua atualização mensal, o órgão intergovernamental reduziu suas perspectivas de safra mundial de milho em 2022/23 em 1 milhão de toneladas, para 1,189 bilhão de toneladas, bem abaixo dos 1,220 bilhão de toneladas da temporada anterior.

Inscreva-se na seleção para a lista Under 30 2022

A safra de milho da UE foi estimada em 76,5 milhões de toneladas, contra uma previsão anterior de 78,2 milhões.

Uma segunda onda de calor em um mês está afetando partes da Europa Ocidental, agravando a seca e alimentando incêndios florestais na Espanha, Portugal e França.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O clima quente também corre o risco de prolongar uma seca forte na Itália que levou as autoridades a declararem uma emergência ao longo do rio Pó, região que fornece um terço da produção agrícola do país.

A previsão do IGC para a produção de trigo na temporada 2022/23 aumentou ligeiramente, em 1 milhão de toneladas, para 770 milhões de toneladas.

Compartilhe esta publicação: