7 razões para visitar o centro histórico do Peru

Gettyimages/Jopstock
A cidade de Cusco é patrimônio mundial da Unesco e antigo coração do império inca

Resumo: 

  • O centro histórico de Cusco apresenta diversas opções de passeios, lazer e culinária;
  • É possível reviver a história ao observar lembranças dos incas e a presença espanhola na arquitetura, ruínas, comércios da região;  
  • A culinária de Cusco apresenta uma fusão de nacionalidades: Japão e Peru, com uma cozinha batizada de “Nikkei at LIMO”. 

VEJA TAMBÉM: Jefferson Rueda promove jantar especial com chefs peruanos

Machu Picchu certamente é o centro das atenções quando se trata das razões para visitar o Peru. Porém, a cativante cidade de Cusco é outra atração deslumbrante do país. Antigo coração do império Inca, Cusco se tornou patrimônio mundial da UNESCO em 1983. Com uma cativante mistura de ruínas antigas, arquitetura colonial, admiráveis catedrais e um centro comercial animado, Cusco merece estar em todos os itinerários de viajantes. Embora nenhuma lista possa capturar todas as paradas obrigatórias dessa sedutora cidade, aqui estão algumas das imperdíveis atrações.

  • Palacio del Inka

    A história ganha vida no singular e luxuoso hotel Palacio del Inka. Instalado em uma deslumbrante mansão espanhola de 500 anos, a propriedade histórica é localizada ao redor de Qoricancha e apenas a alguns minutos da Plaza de Armas. Passe algumas horas andando pelos arcos de pedra do hotel e descubra paredes adornadas com artes hispânicas originais e antiguidades autênticas salpicadas por todo o ambiente. A ambientação dos quartos é apenas parte do charme do hotel. Para ajudar os visitantes a imergir na cultura de Cusco, o Palacio del Inka oferece experiências como aulas grátis para aprender a fazer pisco sour (típico coquetel local), e um tour pela propriedade que acaba com uma incrível performance inca. O hotel também pode organizar diversas excursões regionais e locais. Depois de um dia de passeios por Cusco, relaxe com uma massagem no spa do hotel antes de terminar a noite jantando em um festival de alta gastronomia no Palacio’s Inti Raymi Restaurant.

  • Plaza de Armas

    A animada Plaza de Armas é a praça principal e o centro da cidade. Antigamente uma praça central da civilização inca chamada Huacaypata, agora, é dominada por construções coloniais espanholas, embora algumas edificações incas de pedra permaneçam. É um lugar ideal para entrar no ritmo e na energia da cidade. Lá, é possível ver locais correndo para o trabalho, garotas jovens posando para turistas em vestes tradicionais, acompanhadas por lhamas, e vendedores de rua oferecendo “chicha morada”, uma tradicional e refrescante bebida de milho roxa. Vale a pena visitar o lugar à noite também; a área é bem iluminada e as estruturas parecem dar um brilho sobrenatural ao ambiente.

  • Catedral de Cusco

    Dominando a Plaza de Armas com sua fachada imponente está a catedral de Cusco, também conhecida como Basílica da Virgem da Assunção, um patrimônio Unesco. A igreja foi usada como ferramenta para converter incas ao catolicismo. Embora a construção tenha começado em 1559, não tinha terminado até o meio dos anos 1600, e levou aproximadamente cem anos para ser finalizada. A edificação usou mão-de-obra nativa, e as pedras foram roubadas da cidade inca mais próxima, Sacsayhuaman. É um excelente exemplo do estilo renascentista gótico na arquitetura, além de apresentar alguns floreios barrocos, como na ornamentação exterior.

  • Mercado de San Pedro

    O alvoroço da Plaza de Armas não é nada perto do maior mercado de Cusco, San Pedro. Enquanto basicamente tudo – de roupas a brinquedos infantis – parecem estar disponíveis aqui, esse ofuscante e barulhento mercado é especialmente conhecido por sua seleção de comidas. De queijos andinos a frutas, sucos e carne de alpaca, San Pedro é um pequeno mundo da cozinha peruana. Não vá embora sem visitar o mercado de plantas, escondido do lado de fora atrás do San Pedro, ele apresenta uma coleção espetacular de remédios andinos herbais, canas-de-açúcar gigantes e flores.

  • Qoricancha

    Mundos colidem no tesouro mais antigo de Cusco. Qoricancha, que significa jardim de ouro, foi a casa do mais importante e espetacular templo do império inca: o Templo do Sol. Suas paredes já foram revestidas de ouro do chão ao teto para refletir melhor a luz do sol e fazem parte das leituras astrológicas incas e dos direitos sacros. Infelizmente, tudo isso apenas se manteve na base e nas paredes. Quando a Espanha invadiu a cidade em 1500, o templo foi saqueado. Os colonizadores roubaram o ouro e depois ergueram a igreja de Santo Domingo no lugar.

  • A região de San Blas

    Essa área encantadora é uma das mais fascinantes de Cusco -e mais montanhosa, então, use sapatos confortáveis. As ruas estreitas e íngremes (a maioria delas apenas para pedestres) dessa área boêmia estão repletas de lojas charmosas, modernos cafés, estúdios de arte e restaurantes renomados. Pare no comércio de San Blas para uma refeição barata e um refrescante suco de frutas feito na hora. A visita à marcante Igreja de San Blas, toda branca, vale a pena para apreciar o deslumbrante cedro esculpido no púlpito do século 17.

  • LIMO

    Descubra os sabores únicos da fusão culinária do Japão com o Peru conhecida como “Nikkei at LIMO”. Fora da Plaza de Armas (e com as janelas voltadas para a praça histórica) o LIMO é um lugar maravilhoso para experimentar a singular cozinha peruana. Você encontrará uma seleção de frutos-do-mar locais com um hábil toque de sushiman e os pratos tradicionais peruanos reinventados para jantares contemporâneos. O “tiradito”, peixe cru marinado com limão e pimenta-aji é excelente, e o pão frito de causa (comida típica) da LIMO é a introdução perfeita dessa “fusion food”. Os drinques inspirados no pisco sour também são imperdíveis.

Palacio del Inka

A história ganha vida no singular e luxuoso hotel Palacio del Inka. Instalado em uma deslumbrante mansão espanhola de 500 anos, a propriedade histórica é localizada ao redor de Qoricancha e apenas a alguns minutos da Plaza de Armas. Passe algumas horas andando pelos arcos de pedra do hotel e descubra paredes adornadas com artes hispânicas originais e antiguidades autênticas salpicadas por todo o ambiente. A ambientação dos quartos é apenas parte do charme do hotel. Para ajudar os visitantes a imergir na cultura de Cusco, o Palacio del Inka oferece experiências como aulas grátis para aprender a fazer pisco sour (típico coquetel local), e um tour pela propriedade que acaba com uma incrível performance inca. O hotel também pode organizar diversas excursões regionais e locais. Depois de um dia de passeios por Cusco, relaxe com uma massagem no spa do hotel antes de terminar a noite jantando em um festival de alta gastronomia no Palacio’s Inti Raymi Restaurant.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook

Twitter

Instagram

YouTube

Baixe o app de Forbes Brasil na Play Store e na App Store

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).