Conheça as tendências da Watches & Wonders

Divulgação
Divulgação

A Watches & Wonders apresentou as tendências de forma virtual

Em formato de salas virtuais, 30 grifes de luxo anunciaram seus lançamentos de joias e relógios na Watches & Wonders 2020, evento aberto para a imprensa no dia 24 de abril, uma sexta-feira. Durante o fim de semana, as maisons fizeram atendimentos virtuais e conferências online para apresentações individuais e para pequenos grupos. Entre as vedetes que fizeram brilhar os olhos dos clientes, modelos cada vez mais finos, engrenagens cada fez mais desafiadoras, complicações exclusivas.

Tradicionalmente realizada em janeiro, a feira – antiga SIHH – cumpre o novo calendário anunciado no ano passado e desfilou os relógios mais desejados do planeta no final de abril, uma semana antes da Baselworld – adiada para 2021 (de 28 de janeiro a 2 de fevereiro). O evento abre-alas do segmento em 2020, no entanto, foi realizado em janeiro, em Dubai: a primeira edição da LVMH Swiss Watch Manufactures Exhibition, com quatro marcas: Bulgari, TAG Heuer, Hublot e Zenith.

A pandemia e 2021

Na LVMH, a retração foi de 26% da receita comparada ao ano anterior, consequência do fechamento das lojas na Ásia e da redução de pedidos dos varejistas. Na Kering (Boucheron, Girard Perregaux e Ulysse Nardin), a porcentagem da queda não foi revelada, mas a performance foi negativa – afinal, 60% do segmento depende das vendas do atacado, além de a China também ser um mercado determinante.

Projetando o mercado do ano que vem, o retorno da Baselworld (feira que acontece desde 1917) para janeiro não deve contar com os cincos importantes players do segmento: Rolex, Patek Philippe, Chopard, Chanel e Tudor. A divisão de relógios da LVMH seguiu esse êxodo e anunciou que também não irá participar da Baselworld, deixando para revelar suas novidades em abril. Após fala de Jean-Christophe Babin, o CEO da Bulgari, sobre a intenção de apresentar as novidades em Genebra, especula-se que os grupos concorrentes Richemont e LVMH estarão juntos no próximo ano da Watches & Wonders.

Veja, na galeria de fotos abaixo, três tendências da Watches & Wonders:

  • Os superfinos

    A Piaget lançou o modelo mecânico mais fino do mundo, o Altiplano Ultimate Concept (foto), com uma caixa com 2 mm de espessura. A Vacheron Constantin revelou a nova versão do Overseas Perpetual Calendar Ultra-Thin, com caixa de 8.1 mm de espessura.

    Divulgação
  • Chiques e funcionais

    As marcas investiram em modelos que transitam bem entre diferentes momentos do dia. A Cartier reviveu a linha Pasha, sucesso nos anos 1980, que agora é unissex. Outras apostas: Montblanc 1858 Monopusher Chronograph e o Portugieser Yacht Club Moon & Tide, da IWC (foto).

    Divulgação
  • Sem segredos

    O estilo de caixa skeleton não é novidade (complicações visíveis na caixa). O Hermès Arceau Squelette (foto) está entre os lançamentos que têm parte da mecânica revelada. Outro entre os “sem segredos” é o Roger Dubuis Excalibur Twofold, marca habitué dessa tendência que vem ganhando força.

    Divulgação

Os superfinos

A Piaget lançou o modelo mecânico mais fino do mundo, o Altiplano Ultimate Concept (foto), com uma caixa com 2 mm de espessura. A Vacheron Constantin revelou a nova versão do Overseas Perpetual Calendar Ultra-Thin, com caixa de 8.1 mm de espessura.

Reportagem publicada na edição 77, lançada em maio de 2020

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).