Rolls-Royce bate recorde de vendas em 117 anos de história

A montadora inglesa entregou 5.586 automóveis em 2021, um aumento de 49% em relação a 2020.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

Rolls-Royce Ghost, que impulsionou as vendas da montadora em 2021

Acessibilidade


A Rolls-Royce Motor Cars teve em 2021 os maiores resultados anuais de vendas em seus 117 anos de história. A montadora entregou 5.586 automóveis a clientes em todo o mundo, um aumento de 49% em relação ao mesmo período de 2020, segundo informações divulgadas hoje (10). O total inclui vendas recordes na China, nas Américas e na Ásia.

Todos os modelos tiveram um desempenho forte, segundo a marca, com um crescimento impulsionado principalmente pelo modelo Ghost, e com aumento da demanda ainda maior após o lançamento do Black Badge Ghost em outubro. Outros destaques foram os modelos Cullinan e o Phantom, garantindo pedidos até o terceiro trimestre de 2022. Esse desempenho mostra a força da marca no segmento de carros de mais de US$ 300 mil.

Divulgação
Divulgação

Black Badge Ghost, lançado em outubro de 2021

Torsten Müller-Ötvös, diretor executivo da Rolls-Royce Motor Cars, comemorou os resultados. “Com base no sucesso deste ano, continuaremos a evoluir como uma verdadeira marca de luxo, além dos domínios da fabricação automotiva”.

As encomendas sob medida permanecem em níveis recorde, com grandes exemplos individuais, de acordo com a montadora, como o Phantom Oribe co-criado com a Hermès, ao lado do Phantom Tempus, e os carros Black Badge Wraith e Black Badge Dawn Landspeed Collection.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A empresa firmou compromisso em liderar um novo movimento de construção de carrocerias ao tornar permanente em seu portfólio futuro o Rolls Royce Coachbuild – equivalente automotivo da alta costura, o serviço, apenas para convidados, oferece a possibilidade de criar um automóvel totalmente original. Com ele vem também o lançamento da recente obra-prima de carroceria, o conversível personalizado Rolls-Royce Boat Tail.

Divulgação
Divulgação

Com apenas três unidades no mundo, o modelo superexclusivo Boat Tail da Rolls-Royce custa US$ 28 milhões

A empresa também anunciou seu primeiro carro totalmente elétrico, o Spectre, em 2021. A tarefa de colocar o veículo no mercado até o quarto trimestre de 2023 já começou e o protocolo de testes está em andamento. Uma jornada de 2,5 milhões de quilômetros, que se estende pelos quatro cantos do mundo, simulará mais de 400 anos de uso de um Rolls Royce.

Divulgação
Divulgação

Rolls-Royce Spectre, primeiro modelo elétrico da marca, que será lançado em 2023

Enquanto os preparativos são feitos para o futuro modelo totalmente elétrico da marca, a Rolls-Royce continua a atender ao aumento da demanda através de um processo de fabricação flexível e da dedicação das mais de 2.000 pessoas que trabalham em Goodwood, West Sussex, no Reino Unido, e em todo o mundo. A fábrica da Rolls-Royce em Goodwood funciona atualmente com capacidade máxima, em um padrão de dois turnos para cumprir pedidos de clientes em todo o mundo.

Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

Casa da Rolls-Royce, em Goodwood, no Reino Unido

Compartilhe esta publicação: