Citi vai coordenar venda antecipada de ferro da CSN

Reuters
Medida é parte das iniciativas da siderúrgica para reduzir endividamento

A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) admitiu ter contratado o Citi para coordenar a venda antecipada de minério de ferro da companhia, como parte das iniciativas para reduzir seu endividamento.

LEIA MAIS: CSN projeta alta de 33% em produção de ferro até 2023

“A companhia, através de sua controlada, CSN Mineração, confirma a contratação do banco Citi como assessor financeiro para avaliar opções estratégicas dessa natureza…”, diz trecho do comunicado ao mercado.

O documento veio como resposta da CSN após ter sido interpelada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) a respeito de reportagem do jornal Valor Econômico, na véspera, afirmando que a empresa contratou o Citi para encontrar um comprador para seu fluxo futuro de minério de ferro, numa operação estimada em mais de US$ 1 bilhão.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Forbes no Facebook: http://fb.com/forbesbrasil
Forbes no Twitter: http://twitter.com/forbesbr
Forbes no Instagram: http://instagram.com/forbesbr

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).