Bitcoin sobe 20% após compra misteriosa

Reuters
Bitcoin subiu 20% no comércio asiático, quebrando os US$ 5 mil pela primeira vez desde meados de novembro

O bitcoin subiu hoje (2) para seu maior valor em quase cinco meses, provocando pequenas subidas de outras criptomoedas, depois que um grande pedido de um comprador anônimo desencadeou um frenesi de negociações por computador, disseram analistas.

VEJA TAMBÉM: Bitcoin pode equiparar série mais longa de ganhos

A criptomoeda original subiu 20% no comércio asiático, quebrando os US$ 5 mil pela primeira vez desde meados de novembro. Depois, havia se estabilizado em cerca de US$ 4,8 mil, ainda com uma alta de 16% em seu maior ganho em um dia desde abril do ano passado.

O bitcoin subiu para perto de US$ 20 mil no final de 2017, o pico de uma bolha impulsionada por investidores de varejo. Mas os preços do ano passado caíram em três quartos, e a comercialização foi dominado por fundos de hedge menores e empresas relacionadas à criptografia.

O ganho de hoje foi, provavelmente, desencadeado por um pedido avaliado em US$ 100 milhões nas bolsas norte-americanas Coinbase e Kraken e no Bitstamp, de Luxemburgo, disse Oliver von Landsberg-Sadie, presidente-executivo da empresa de criptografia BCB Group.

“Houve uma única ordem que foi gerenciada por algoritmos em três locais, de cerca de 20 mil BTC”, disse ele.

Ainda assim, analistas não podiam apontar quaisquer desenvolvimentos específicos que pudessem explicar a grande encomenda do comprador misterioso.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).