BlackRock tem lucro acima do esperado no 1º tri

O lucro líquido atribuível a acionistas caiu para US$ 1,05 bilhão, ou US$ 6,61 por ação

A BlackRock, maior gestora de ativos do mundo, divulgou hoje (16) lucro no primeiro trimestre maior que o esperado por Wall Street e captação de US$ 65 bilhões em novos recursos de investidores após um volátil quarto trimestre.

LEIA MAIS: BlackRock comprará empresa de software por US$ 1,3 bi

O total de ativos sob gestão da empresa subiu 3% sobre um ano antes, para US$ 6,5 trilhões, após chegarem a cair abaixo de US$ 6 trilhões em meio à turbulência dos mercados no ano passado.

A economia dos Estados Unidos está acelerando de novo depois de uma desaceleração e o mercado está ficando pronto para uma “enorme” entrada de recursos em ações, afirmou o presidente-executivo da BlackRock, Larry Fink, à Reuters.

“Eu acredito que as pessoas ainda estão receosas em termos de risco, apesar da grande retomada”, disse Fink.

O índice acionário S&P 500, que caiu quase 14% no quarto trimestre, ensaiou uma acentuada recuperação nos três primeiros meses do ano, avançando 13%, melhor performance trimestral desde o terceiro trimestre de 2009.

No primeiro trimestre, o lucro líquido atribuível a acionistas caiu para US$ 1,05 bilhão, ou US$ 6,61 por ação, ante US$ 1,09 bilhão, ou US$ 6,68 por papel, um ano antes. Analistas, em média, esperavam lucro de US$ 6,13 por ação, segundo dados da IBES Refinitiv.

VEJA TAMBÉM: BlackRock tem lucro abaixo do esperado no 4º tri

O fluxo positivo total de recursos em todos os tipos de produtos da companhia saltou 13,6%, para US$ 64,67 bilhões sobre um ano antes.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).