Governo tenta trocar multa da Vale por investimento

Reuters
A multa de R$ 250 milhões à Vale foi aplicada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama)

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, afirmou hoje (8) que sua pasta tem avaliado a conversão de uma multa de R$ 250 milhões aplicada à mineradora Vale após o desastre de Brumadinho (MG) em uma obrigação de a empresa realizar investimentos ambientais.

LEIA MAIS: Justiça bloqueia R$ 1 bi da Vale por Vargem Grande

“Estamos tentando converter a multa da Vale de R$ 250 milhões em investimentos em sete parques nacionais em Minas Gerais, para infraestrutura, trilhas, atividades e serviços que as tornem mais atrativos para o ecoturismo através de concessão futura”, escreveu Salles em mensagem no Twitter.

A multa de R$ 250 milhões à Vale foi aplicada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) após o rompimento de uma barragem da companhia em Brumadinho em janeiro que deixou quase 300 mortos e desaparecidos.

O incidente ainda gerou uma avalanche de rejeitos de minério de ferro que avançou pelo rio Paraopeba.

Na época, o Ibama chamou o caso de “catástrofe socioambiental” e disse que a penalidade representava a soma de cinco autos de infração de R$ 50 milhões cada, o máximo previsto na Lei de Crimes Ambientais.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).