Ibovespa sobe com exterior positivo

Reuters
Alta foi de 0,67% e índice passa dos 96 mil pontos

O Ibovespa encerrou em alta hoje (1), influenciado pelo cenário externo positivo para ativos de risco após dados sobre a indústria chinesa aliviarem temores a respeito da desaceleração no crescimento global, enquanto agentes financeiros aguardam novidades sobre o andamento da reforma da Previdência.

LEIA MAIS: Ibovespa fecha em alta com cena política e exterior

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa subiu 0,67%, a 96.054,45 pontos. Na máxima do dia, bateu 96.751,53 pontos. O volume financeiro somou R$ 13,49 bilhões.

As principais bolsas estrangeiras encerraram em alta neste começo de semana, com temores sobre uma desaceleração do crescimento global diminuindo após dados mostraram que o setor industrial da China voltou, inesperadamente, a crescer em março pela primeira vez em quatro meses.

Para o analista Filipe Villegas, da corretora Genial, a sessão foi pautada pelo quadro benigno para ativos de risco no exterior e por expectativas sobre o cenário político-econômico doméstico. “Estão todos esperando pela fala do Guedes na CCJ para ter noção do que vem pela frente”, afirmou.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, deve comparecer à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), na quarta-feira (3).

A B3 também divulgou hoje a primeira prévia da carteira do Ibovespa que irá vigorar de maio a agosto, mostrando a entrada das ações de Azul PN e IRB ON, enquanto LOG foi excluída.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).