Qualcomm ganha US$ 30 bi de valor de mercado

Reuters
Valorização ocorreu após acordo da empresa com a Apple

A Qualcomm somou US$ 30 bilhões ao seu valor de mercado após resolver uma batalha judicial com a Apple, uma iniciativa que garante sua liderança em chips 5G e pode abrir caminho para um acordo semelhante com a Huawei.

LEIA MAIS: Apple e Qualcomm resolvem disputa por royalties

As ações da empresa, que fecharam em alta de 23% ontem (16) após o anúncio, subiram até 17% hoje (17), atingindo o maior nível em quase duas décadas.

O acordo com a Apple, que está à beira do lançamento da rede 5G de alta velocidade, pode ajudar a Qualcomm a voltar à posição de destaque do início de 2010, quando dominou a transição para as redes móveis 4G e aumentou drasticamente as receitas.

A sorte da Qualcomm também está melhorando desde que a Intel, que havia sido a única fornecedora de chips para iPhones no ano passado, decidiu sair do negócio de chips de modem, após o acordo da Qualcomm com a Apple.

“Nos EUA, o 5G é o mundo da Qualcomm e todo o resto só está pagando aluguel”, disse Dan Ives, analista da Wedbush Securities.

“Este foi um acordo que mudou o jogo para a Qualcomm e também foi uma jogada inteligente da Apple para eliminar esse ruído e focar em smartphones 5G para 2020”.

Analistas de Wall Street elevaram recomendações e metas de preço para as ações da Qualcomm após o acordo.

Das 25 corretoras que cobrem as ações, 14 classificam a Qualcomm como “comprar” ou superior, e o restante tem uma classificação de “espera”, de acordo com dados do Refinitiv.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).