Ibovespa atinge valorização de 30% no ano em dia de volume gigante

ReutersAmanda-Perobelli
O giro financeiro da sessão somou volume recorde de R$ 79,6 bilhões

Ações de bancos e da Petrobras lideraram o avanço do Ibovespa hoje (18), conduzindo o índice para mais um fechamento recorde e acumulando alta de 30% em 2019.

O Ibovespa subiu 1,51%, a 114.314,65 pontos. O giro financeiro da sessão somou volume recorde de R$ 79,6 bilhões, impulsionado pelo vencimento de opções sobre o índice e o índice futuro. O recorde anterior havia sido de R$ 47 bilhões registrado em fevereiro deste ano.

O mercado acompanhou o início do que pode ser o rali da reforma tributária, com o anúncio da instalação de uma comissão mista com deputados e senadores para produzir um texto de consenso sobre o projeto em até 90 dias.

Após encontro com os presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, o ministro da Economia, Paulo Guedes, fez projeções otimistas, prevendo que o PIB brasileiro crescerá “muito mais” do que 2% em 2020.

LEIA MAIS: Salário mínimo para 2020 ficará maior que R$ 1.031 por repique inflacionário, diz Guedes

O secretário do Tesouro, Mansueto Almeida, afirmou que continuando o ciclo de reformas, o país deverá ter um crescimento mais forte nos próximos anos.

Fábio Galdino, chefe de renda variável da Vero Investimentos, disse que é provável que as agências de classificação de risco elevem a nota no Brasil no ano que vem diante desse cenário, após a S&P elevar a perspectiva para o rating de longo prazo do Brasil na semana passada.

“No contexto de hoje, já percebemos uma melhora no humor do investidor estrangeiro, que vem reduzindo o volume de vendas no mercado. Acho que ainda não veremos uma inversão deste fluxo, mas com certeza vai diminuir”, afirmou.

Agentes do mercado também acompanham a votação da Câmara dos Deputados dos EUA para aprovar o impeachment do presidente Donald Trump em resultado das acusações de abuso de poder e obstrução de um inquérito do Congresso.

Apesar da provável aprovação na Câmara, o processo não deve passar no Senado, segundo analistas.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).