Cerimônia em homenagem a Kobe Bryant é marcada por emoção de viúva e astros da NBA

Getty Images
Shaquille O’Neal abraça a viúva de Kobe Bryant, Vanessa

Uma galeria de lendas do basquete se juntou a milhares de fãs de Kobe Bryant em Los Angeles ontem (24) para prestar homenagem ao astro da NBA, sua filha e sete outras pessoas que morreram em um acidente de helicóptero que chocou o mundo no mês passado.

O memorial “Celebration of Life” no Staples Center, o ginásio de Bryant durante a maior parte de sua carreira de 20 temporadas no Los Angeles Lakers, contou com um discurso emocionado da viúva de Bryant, Vanessa, que começou a namorar Kobe aos 17 anos.

LEIA MAIS: Viúva de Kobe Bryant processa empresa de helicóptero

Ela falou a uma plateia extasiada que incluía astros da NBA e celebridades do show business sobre a dor de perder sua filha de 13 anos, Gianna, “uma alma incrivelmente doce e gentil”, e o marido que ela chamou de “alma gêmea”.

“Ele era meu tudo”, disse ela sobre Bryant, que ingressou na NBA aos 18 anos logo após o ensino médio, foi cinco vezes campeão e quarto maior pontuador da história da liga com 33.643 pontos. “Deus sabia que eles não poderiam estar nesta terra um sem o outro”, afirmou Vanessa Bryant, referindo-se ao marido e à filha. “Ele teve que levá-los para o céu juntos.”

Michael Jordan, Magic Johnson e o ex-companheiro de equipe de Bryant Shaquille O’Neal estiveram no memorial, que começou com uma performance da cantora Beyoncé e uma montagem com os destaques de Bryant em quadra. “Quando Kobe Bryant morreu, um pedaço de mim morreu”, disse Jordan com lágrimas escorrendo pelo rosto. “Por favor, descanse em paz, irmãozinho.”

Bryant, de 41 anos, e os outros ocupantes do helicópero morreram em 26 de janeiro em um acidente em Calabasas, Califórnia, enquanto estavam a caminho de um torneio de basquete juvenil no qual Kobe planejava treinar a equipe da filha.

Vanessa Bryant entrou com uma ação por morte por negligência contra a operadora do helicóptero. O piloto foi um dos mortos no acidente.

Gianna, uma ávida jogadora de basquete, esperava um dia jogar no programa da Universidade de Connecticut, e se uniu ao pai pelo amor ao esporte.

Os fãs se reuniram do lado de fora do ginásio horas antes do início da cerimônia, muitos deles vestidos de roxo e dourado, as cores do Lakers. “Sou fã de Kobe há muito, muito tempo. É muito triste, especialmente para as crianças. Mas isso realmente uniu a cidade”, disse Bubacar Drammeh, que estava do lado de fora e planejava assistir ao memorial na TV.

Dentro do Staples Center, o clima era sombrio. Os estandes foram fechados e o uso de celulares desencorajado. Os participantes não poderiam entrar se chegassem atrasados.

O memorial atraiu estrelas de Hollywood, incluindo Jennifer Lopez, Queen Latifah e Spike Lee. A cantora premiada com o Grammy Alicia Keys apresentou a canção “Moonlight Sonata”.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).