Camisa de Michael Jordan do “Dream Team” olímpico de 1992 é vendida por US$ 216 mil

ReutersConnect/Ray Stubblebine
ReutersConnect/Ray Stubblebine

Michael Jordan comemora ouro olímpico ao lado de companheiros de Dream Team: Larry Bird, Scottie Pippen e Clyde Drexler

Uma camisa utilizada por Michael Jordan no “Dream Team” da seleção de basquete dos Estados Unidos que disputou as Olimpíadas de Barcelona, em 1992, foi vendida por US$ 216 mil, disse hoje (20) a casa de leilões Robert Edwards Auctions.

O lance vencedor foi o segundo maior da história para uma camisa de Jordan, depois dos US$ 274 mil pagos por um item utilizado pelo astro nas Olimpíadas de 1984.

LEIA MAIS: 23 números da vida e da carreira de Michael Jordan

Jordan autografou a camisa branca de malha com “Best Wishes/Michael Jordan” na altura do lado direito do peito.

A camisa foi inicialmente arrematada em setembro de 1992, em um leilão de gala para caridade, por US$ 17.500.

Além de Jordan, o time de basquete dos EUA que conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 1992, apelidado de “Dream Team”, contava com os membros do hall da fama Magic Johnson, Larry Bird, Scottie Pippen, Karl Malone, Patrick Ewing, Charles Barkley, Clyde Drexler, John Stockton, David Robinson e Chris Mullin.

“Michael Jordan é indiscutivelmente o atleta mais icônico de todos os tempos, vencendo seis títulos da NBA e duas medalhas de ouro olímpicas”, disse em comunicado o presidente da Robert Edward Auctions, Brian Dwyer.

LEIA TAMBÉM: Como Michael Jordan se tornou o atleta mais rico do mundo

“Colecionadores aproveitaram uma rara oportunidade de possuir uma camisa de Jordan do ‘Dream Team’ de 1992 – o maior time de basquete da história”, acrescentou. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).