Braskem não foi abordada com proposta de aquisição

Esclarecimentos foram enviados pela petroquímica à Comissão de Valores Imobiliários.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
iStock
iStock

Odebrecht diz que pretende manter a Braskem como parte de seus investimentos (iStock)

Acessibilidade


A Braskem disse nesta terça-feira (31) que não foi abordada pela Lyondellbasel com qualquer proposta de aquisição, depois que o jornal “Wall Street Journal” publicou na véspera que a empresa holandesa teria feito uma aproximação para adquirir o controle da petroquímica brasileira.

LEIA MAIS: Holandesa Lyondellbasell faz contato para aquisição da Braskem

Em esclarecimentos enviados à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a petroquímica disse que cabe aos seus acionistas controladores, no caso a Odebrecht, decidir sobre “a conveniência e oportunidade de disposição” de suas ações.

Na véspera, depois da divulgação da reportagem do jornal norte-americano, a Odebrecht disse que continua estudando alternativas para seu investimento na Braskem, mas que pretende manter a petroquímica brasileira como parte de seus investimentos.

As ações da Braskem fecharam em alta de quase 12% na segunda-feira.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: