Aneel abre processo administrativo contra Cemig

Multa é de quase R$ 12,5 mi por suposta manipulação de indicadores de qualidade.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
iStock
iStock

O auto de infração contra a Cemig determina o recálculo dos indicadores e aplicação de multa no valor de R$ 12,495 milhões

Acessibilidade


A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) instaurou um processo administrativo contra a Cemig Distribuição após conduzir uma investigação sobre possível manipulação em indicadores de qualidade do serviço apresentados pela unidade da estatal mineira, informou a companhia em fato relevante na noite de ontem (2).

LEIA MAIS: Cemig compra 431,5 MW de energia solar e eólica

O auto de infração divulgado no site da Aneel determina o recálculo dos indicadores e aplicação de multa no valor de R$ 12,495 milhões, com prazo para cumprimento de 30 dias após a decisão em última instância.

“A Cemig informa que entrará com recurso através da via administrativa, a partir do entendimento que calcula de forma adequada os indicadores”, disse a elétrica mineira no comunicado.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: