Cteep tem licença para interligar Paraguaçu e Aimorés

O prazo estipulado pela Aneel para a energização é fevereiro de 2022.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
iStock
iStock

O prazo estipulado pela Aneel para energização de Paraguaçu e Aimorés é fevereiro de 2022

Acessibilidade


A Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (Cteep) informou hoje (23) ter obtido licença prévia expedida pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) referente às instalações das transmissoras para interligação elétrica Paraguaçu e Aimorés.

LEIA MAIS: Aneel aprova aquisição da Eletropaulo pela Enel

A interligação Paraguaçu, localizada em Minas Gerais e Bahia, tem extensão de 338 quilômetros de linha, enquanto a Aimorés está em Minas e tem extensão de 208 quilômetros de linha. O prazo estipulado pela Aneel para energização de Paraguaçu e Aimorés é fevereiro de 2022.

Paraguaçu e Aimorés são empreendimentos em construção dos lotes 3 e 4, respectivamente, do leilão de transmissão realizado em outubro de 2016, em que a Cteep participa em parceria com a Transmissora Aliança de Energia Elétrica (Taesa) na proporção igualitária de 50%.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: