Alexandre Birman: 6 dicas para blindar o seu negócio da crise

GettyImages/JohnShearer
Para o bilionário CEO da Arezzo, um dos caminhos é “olhar da porta para dentro”

A mais recente novidade do bilionário Alexandre Birman, o 134º mais rico do Brasil, atende pelo badalado nome de Vans. A Arezzo, da qual é CEO, aprovou no último dia 1º um acordo de distribuição e desenvolvimento de varejo, pelo qual a empresa passa a distribuir com exclusividade, pelo prazo inicial de cinco anos a partir de 1º de janeiro de 2020, calçados, vestuário e acessórios da marca no país.

“Nossa estratégia é uma espiral em torno do nosso core, que abre gradativamente. Uma plataforma de gestão de marcas. Começamos com sapatos femininos, depois passamos a vender bolsas, depois tênis femininos. Agora, com a Vans, também teremos tênis masculinos e infantis, além de vestuário”, conta Birman, em entrevista à Forbes.

O apetite do empresário contrasta com a economia brasileira, que ainda cresce em ritmo lento. “Nunca nos preocupamos com a crise. Olhamos da porta para dentro”, diz. Aprendi com meu pai a frase: “Piano, piano, se va lontano” (ou algo como “devagar se vai ao longe”, em português).

Abaixo, Birman dá 6 dicas para quem deseja fazer seu negócio driblar a crise:

  • 1) Cliente tem sempre razão

    “Priorize a satisfação do seu cliente.”

  • 2) Produto certo, hora certa, preço certo

    É importante estar atento ao mercado para não perder boas oportunidades.

  • 3) Consistência, consistência, consistência

    “Mantenha a regularidade. Não deixo de ir para o Sul [onde fica a fábrica da companhia] toda semana para gerir meu negócio.”

  • 4) Cerque-se dos melhores profissionais sempre

    Uma boa equipe é fundamental para o seu negócio prosperar.

  • 5) Foque na construção do business, e não no lucro

    “O mais importante é o seu negócio, o lucro é consequência.”

  • 6) Tenha sempre o olho no caixa

    “É preciso gerar caixa sempre.”

1) Cliente tem sempre razão

“Priorize a satisfação do seu cliente.”

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).