MaxMilhas compartilha lista de talentos dispensados na crise do coronavírus

Getty Images
O marketplace de viagens aéreas MaxMilhas desligou 143 funcionários na última semana em função da crise provocada pela Covid-19

O marketplace de viagens aéreas MaxMilhas está disponibilizando a lista com os contatos que precisou desligar por conta da crise do coronavírus, em um movimento que busca ajudar na recolocação dos profissionais.

As demissões aconteceram na semana passada, resultado do severo impacto da emergência de saúde pública no setor de viagens, em que a empresa mineira tem atuado desde sua fundação em 2013, oferecendo passagens aéreas com desconto e venda de milhas.

O corte afetou uma parte significativa do efetivo da empresa de 397 pessoas, com cerca de 143 profissionais perdendo seus empregos. Em um post na rede social LinkedIn, o fundador da empresa Max Oliveira descreveu quinta-feira (2) como “o dia mais difícil” de sua vida.

LEIA MAIS: 6 dicas para acumular mais milhas aéreas

“Somos, provavelmente, a empresa no Brasil que mais cresceu nos últimos anos sem nunca ter tido nenhum investidor externo”, ressaltou o fundador. “Isso só foi possível porque construímos um time realmente excepcional com capacidade de execução sem precedentes.”

Entre os colaboradores dispensados estão cientistas de dados experts das áreas de experiência do usuário, desenvolvedores mobile, além de profissionais sêniores de RH, TI e advogados. Empresas que tenham oportunidades compatíveis com o perfil dos profissionais podem acessar a planilha de contatos.

“Tenham certeza de que essa é uma oportunidade única de contratar pessoas excelentes, que me dói o coração perder”, ressalta o fundador.

Falando sobre a experiência traumática de ter que reduzir o quadro da empresa, Oliveira prometeu que a empresa mineira “escreverá uma das maiores histórias de reviravolta pós-coronavírus” do Brasil.

“Sim, teremos cicatrizes enormes pela perda de profissionais sensacionais, mas mostraremos a nossa força ao mundo ao superar o maior desafio de nossas vidas”, afirma.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).